CORONAVÍRUS

No Maranhão

3817
276062
246329
7612
DIA DA SOGRA

Conheça as sogras amadas e odiadas dos cinemas

O dia 28 de abril é comemorado o dia da sogra, essa personalidade que vai do amor ao ódio.

Foto: Reprodução

Quando se pensa em sogra, sempre vem a cabeça aquelas mulher “bruxa”, falsa e sorrateira que o imaginário popular criou, uma mulher que não sonha em ver o filho(a) sair de casa e se casar com a pessoa que não teve a sua devida aprovação. Muito dessas características foram moldadas por filmes e histórias contadas ao longos dos anos.

Essa conta não é minha

No Brasil, o dia 28 de abril, foi a data escolhida para se comemorar o dia dessa personalidade que é amada e algumas vezes odiada pelas pessoas, a tão temida sogra. Além disso, nos cinema diversas atrizes viveram sogras memoráveis que são conhecidas por seus maravilhosos desempenhos.

Desta forma, nos do Jornal ‘O imparcial’, separamos alguns filmes onde as sogras roubaram a cena com seu amor as vezes excessivo ou com sua perseguição constante.

Carmela Corleone, de O Poderoso Chefão (1972)

Apesar da sogra ser uma figura normalmente retardada como alguém amargurada, má e que odeia a nora, Carmela Corleone é oposto disso, além de ser uma das únicas personagens inocentes de toda a trilogia O Poderoso Chefão. Carmela “Mama” Corleone (Morgana King) é o coração de toda a sua família, uma típica dona de casa ítalo-americana dos anos 50; católica fervorosa, muito dedicada à família e excelente cozinheira, aliás, como toda matriarca italiana. Com os casamentos de seus cinco filhos, a siciliana ganhou uma porção de noras e genros, servindo como uma figura materna para alguns deles – particularmente a Kay (Diane Keaton), com quem desenvolve uma relação muito próxima. A personagem também é sogra de Sandra (Julie Gregg) e Deanna Corleone (Marianna Hill), Carlo Rizzi (Gianni Russo) e Theresa Hagen (Tere Livrano). Mantida convenientemente longe dos negócios da Família – como todas as mulheres da trama, diga-se de passagem –, esta personagem foi companheira de Don Vito Corleone (Marlon Brando), durante quarenta anos, desde a juventude pobre em Little Italy até a morte dele no tomateiro; apenas uma entre as várias perdas dolorosas causadas pelo envolvimento dos Corleone com o mundo do crime. 

Lady Spancer, de A Duquesa (2008)

Ainda não se sabe ao certo de quando data a ideia de que sogros são o terror da vida de genros e noras, entretanto no filme ‘A duquesa’, Georgiana, a duquesa de Devonshire, interpretada por Keira Knightley, deu ao marido, vivido por Ralph Fiennes, uma sogra ‘tiete’ pelo ao marido. As constantes traições e o tratamento arrogante que recebia do companheiro não impediam que Lady Spencer (Charlotte Rampling) defendesse o genro sem pestanejar. Apesar de o filme valorizar a amizade da duquesa com a mãe, em nenhum momento ela parece entender ou apoiar as ideias ousadas para o seu tempo, que a filha quer colocar em prática.

Erica, de Alguém Tem Que Ceder (2004)

Esse filme vai mostrar uma sogra diferente do já foi visto visto, que vai de odeia o genro à me apaixonei. Neste filme mostra a história Harry Sanborn (Jack Nicholson), um homem já envelhecido. e sua jovem namorada Marin (Amanda Peet) chegam à casa de sua família de praia nos Hamptons, eles descobrem que a mãe dela, a dramaturga Erica Barry (Diane Keaton), também pretende ficar para o fim de semana. Erica se escandaliza com o relacionamento e o machismo de Harry. Porém quando Harry tem um ataque cardíaco e um médico prescreve repouso na casa de Barry, ele se apaixona por Erica.

Viola, de A sogra (2005)

O clássico de Jane Fonda como sogra é ícone das produções sobre o gênero, nesse filme ela da assas a uma arrogante que persegue a personagem de Janiffer Lopez. Após anos procurando seu príncipe encantado, Charlotte (Janiffer Lopez) se apaixona por Kevin (Michael Vartan). O problema é a mãe dele, a poderosa Viola (Jane Fonda), que foi recentemente demitida. Após perder o emprego, a sogra teme perder também o filho e para evitar isto decide atrapalhar ao máximo os planos do casal.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias