CORONAVÍRUS

No Maranhão

2221
247107
223941
6416
BBB 21

Internautas acusam participante do BBB de preconceito contra nordestina

A polêmica começou após a cantora reclamar da forma como a paraibana fala

A esquerda, Karol Conká. A direita, Juliette Freire. Foto: reprodução/Instagram

Desde a última sexta-feira (29), a cantora e participante do BBB 21 Karoline dos Santos Oliveira, mais conhecida como Karol Conká, que é de Curitiba PR, vem sendo acusada de preconceito por parte do público após fazer comentários sobre o comportamento de Juliette Freire, de Campina Grande, PB. 

A polêmica aconteceu após a cantora, ao conversar com outras duas participantes do programa, afirmar que que não gosta da forma como a paraibana (Juliette) fala com as pessoas “aí as pessoas dizem: não, é o jeito, porque lá na terra dessa pessoa é normal falar assim. Eu sou de Curitiba, entendeu? É uma cidade muito reservadinha, por mais que eu seja artista e rode o mundo, eu tenho os meus costumes”, relatou Karol.

No perfil oficial de Juliette, foi publicada uma nota. Confira:

Com todo respeito a cada canto do Brasil, na Paraíba, sinônimo de educação é puxar papo, ser tagarela, demonstrar carinho, falar arrastado e com bom humor! A gente engole muito cuscuz, mas associar erros ao nosso jeito genuíno de ser, não! Juliette paraibana com orgulho.

Já no perfil oficial de Karol Conká, uma nota também foi publicada, reconhecendo que a a fala mesmo despretensiosa pode carregar um conteúdo discriminatório, mas que tal fala era relacionada exclusivamente a ao comportamento dentro da casa. Confira:

“Acreditamos que algumas colocações acabam tendo deslizes quando nos expressamos sem o devido cuidado e julgamento. A conversa da Karol, quando ela relaciona o termo ‘educação’ à cidade de Curitiba, tem muito mais a ver com a intenção de se mostrar mais reservada, sem que isso seja bom ou ruim; apenas uma característica de comportamento. Seu uso foi equivocado, e mostra que é necessária reflexão sobre falas aparentemente despretensiosas que podem carregar, de maneira aparentemente inocente, xenofobia e outros tipos de discriminação. Pela relação de convivência do jogo, são esperadas simpatias e antipatias. Esse é o BBB! A questão da Karol com a participante Juliette é diretamente envolvida com a circunstância da convivência da casa, de gostar ou não das coisas que acontecem, de possuírem ruídos e sintonias em sua convivência”

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias