CORONAVÍRUS

No Maranhão

3802
181051
174144
3930
12 DE JUNHO

Dia dos Namorados: pandemia muda a forma de comemorar esse dia especial

Por conta da distância física, casais buscam outros meios de celebrar a data

Foto: Lagoinha

O Dia dos Namorados, também conhecido como Dia de São Valentim em outros países, é uma data comemorada todo 12 de junho no Brasil, véspera do dia de Santo António de Lisboa, conhecido pela fama de “Santo Casamenteiro“, que celebra a união amorosa entre namorados. 

Um pouco diferente dos outros anos, nesta data especial muitos casais não poderão estar agarradinhos comemorando. Por conta da pandemia do novo coronavírus, muitos estabelecimentos que são bastante utilizados nesse dia, como cinemas, shoppings e restaurantes, ainda permanecem fechados em alguns locais para prevenir o contágio da covid-19.

Por isso, de acordo com uma pesquisa realizada on-line pelo Google com 800 brasileiros entre os dias 18 a 20 de maio, o distanciamento social mudou a forma de celebrar a data para 63% dos brasileiros neste ano. 

Sendo assim, muitos casais se reinventaram nesse Dia dos Namorados. Para os que moram longe, uma ligação por vídeo ou um presente encomendado, como comida ou até mesmo flores e chocolate. Já para os que estão passando a quarentena juntos, um jantar romântico a dois ou assistir um filme juntinhos. Muitas são as possibilidades ainda, apesar do momento em que vivemos.

O amor vive à distância

Vinicius Neiva e Fernanda Ferro

Vinicius Neiva, de 23 anos, conheceu Fernanda Ferro, da mesma idade, há cerca de um mês antes da quarentena começar em São Luís. Na história do casal, Fernanda já havia olhado Vinicius algumas vezes em viagens com amigos. Mas a paixão foi surgindo mesmo através das redes sociais. No Twitter, ele a chamou para conversar e quando decidiram ficar no sério, a quarentena começou.

Um pouco antes disso, mas já com medo do novo coronavírus, o casal conseguiu se encontrar utilizando máscaras e tomando as precauções. Naquele momento, eles já sentiam que iriam namorar, só não esperavam que o isolamento social fosse estar presente também nessa relação.

Fernanda pediu Vinicius em namoro antes de cada um se isolar em casa. Desde então, o casal vem namorando à distância, conversando todos os dias através do WhatsApp. “Meu plano era pedir ela em namoro, mas ela pediu primeiro. Depois disso nos isolamos”,  afirma Vinicius.

Para eles, é importante essa medida para que possa prevenir a disseminação da covid-19.”Ainda não estamos nos vendo porque mesmo que o comércio tenha voltado, o número de casos e mortes não diminuiu então não mudou basicamente nada”, diz Vinicius.

Para o casal, nesses 3 meses juntos, o seu primeiro Dia dos Namorados vai com certeza ser comemorado de uma forma diferente, mas sempre com muito amor.

Ainda juntos, só vivendo em casas diferentes

Thayane Maramaldo e Jordham Moraes

O casal Thayane Maramaldo, de 24 anos e Jordham Moraes, de 25, também teve o namorado iniciado quando apareceram os primeiros casos de coronavírus no Maranhão. Mesmo se conhecendo há 6 anos, a paixão surgiu neste ano, estando há 3 meses juntos.

Por morarem com pessoas do grupo de risco da covid-19, logo tomaram a medida necessária: isolamento social. “Desde que o surto da doença chegou aqui a gente decidiu que não íamos nos ver durante a quarentena porque ambos moramos com pessoas do grupo de risco”, afirma Thayane.

Para o casal, a saudade é grande e se trata de um momento difícil, mas que esperam passar juntos e que sirva de fortalecimento na relação. “Eu não imaginei que seria tão difícil, é muita saudade. Mesmo sendo muito ruim tudo isso, a gente acredita que vai ajudar a fortalecer nossa relação, porque tomamos uma decisão difícil juntos, ficarmos distantes por um tempo, e estamos conseguindo manter por um bem maior: a saúde da gente e da nossa família”,  ressalta Thayane.

As conversas continuam. Todos os dias o casal utiliza as redes sociais para amenizar a saudade. Thayane diz que é um momento difícil, em que surge o medo e a insegurança sobre tudo que está acontecendo. “Não é fácil passar por essas coisas longe de quem a gente ama. A gente vai levando na esperança que dias melhores virão”, fala.

Para esse Dia dos Namorados, o casal planeja se encontrar virtualmente, através de ligação por vídeo-chamada, um jeitinho de diminuir a saudade.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias