CORONAVÍRUS

No Maranhão

868
53508
25120
1285
TBT

Relembre 5 toadas clássicas do São João do Maranhão

Relembre as toadas que todo maranhense raiz sabe de cor e salteado

Reprodução

Com toda certeza a época do ano mais aguardada pelo maranhense é o São João. A festividade marca no calendário anual o momento em que nossa cultura é expressada com toda sua força, com suas músicas, danças, comidas típicas, entre outras. Mas, dentre todas essas expressões culturais da época junina, as que mais caracterizam esse momento são as toadas apresentadas pelos grupos de Bumba-meu-boi.

Sendo um dos principais traços da cultura maranhense, o Bumba-meu-boi, que é repleto de aspectos religiosos, ritualísticos, musicais e teatrais, expressa seus ritos e valores históricos por meio das toadas, canções apresentadas pela figura do cantador, que canta sobre as belezas da nossa terra, do nosso povo e da nossa cultura. Por isso, trouxemos hoje uma lista de 5 toadas marcantes que todo maranhense já ouviu e até conhece de letra. Confira:

  1. SE NÃO EXISTISSE O SOL (Boi da Maioba)

O Boi da Maioba é um dos mais tradicionais grupos do sotaque da Ilha (ou de Matraca) do Maranhão. De Danavó a Chiador, e de Chiador a Chagas, os cantadores sempre deram vida às toadas do boi que são caracterizadas pelo vigor e visceralidade, arrastando “maiobeiros” (os torcedores e aqueles que compõe o grupo) por onde passam. Maioba revela, em “Se não existisse o sol”, toda a força da natureza.

  1. MARANHÃO, MEU A, MEU TORRÃO – Boi de Maracanã

O Boi de Maracanã, também um dos principais grupos de sotaque da Ilha do maranhão, possui algumas das toadas mais reconhecidas do São João do estado, marcadas pela voz do cantador Humberto de Maracanã, ícone da cultura popular maranhense que faleceu em 2015, aos 75 anos. Tamanha é a força de Maracanã, responsável por esta toada que se caracteriza como um dos hinos maranhenses, que o grupo chega a reunir brincantes oriundos de cerca de 22 bairros ludovicenses em suas apresentações.

  1. BELA MOCIDADE – Boi de Axixá

O sotaque de Orquestra também proporciona à cultura maranhense toadas icônicas que marcaram a história. Exemplo disso é a amplamente conhecida “Bela Mocidade”, do Boi de Axixá. O grupo foi fundado no final dos anos 1950 por Francisco Naiva, sendo um dos precursores dos bois de Orquestra do estado.

  1. URRO DO BOI, “NOVILHO BRASILEIRO (URROU)” – Boi de Pindaré

Símbolo do sotaque de Baixada, o Boi de Pindaré é caracterizado por uma sonoridade mais cadenciada. “Urro do Boi” é uma das toadas mais reconhecidas do grupo, e tem autoria de João Câncio e Bartolomeu dos Santos, o eterno Coxinho.

  1. BOI DE LÁGRIMAS – Raimundo Makarra, na voz de Alcione

Quando se trata de São João do Maranhão, é impossível não lembrar da famosa toada “Boi de Lágrimas”, composição de Raimundo Makarra que resgata o sotaque da Ilha e marca a história nas vozes de Papete, Alcione ou através da interpretação do Boizinho Barrica.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias