GASTOS

Quanto custa ter um animal de estimação?

Os gastos começam desde o momento da aquisição do animal e duram por toda a vida dele. Nos primeiros meses, os custos são mais altos e há também um gasto constante

Reprodução

Um animal de estimação transforma uma casa. Tudo fica mais alegre e animado. Graças a essa mudança, pouco pensamos sobre o quanto um pet pesa em nosso bolso. São vários os custos que um bichinho pode trazer para o seu orçamento e, muitas vezes, esses gastos podem levar você para o vermelho. Neste artigo, vou mostrar o custo que uma mascote traz quando chega ao seu lar.

Vamos usar o cachorro como base em nossos valores, mas esse custo pode ser extrapolado para outras espécies, já que muitas terão de fazer uso de produtos e serviços similares.

Antes de tudo, temos que lembrar o custo de aquisição do animal. Algumas raças podem custar muito mais que R$ 5.000. Então, esse custo pode ser desconsiderado caso opte pela adoção.

Para levar o animal para casa, é preciso adquirir um kit básico para sustentar o pet: potes de alimentação, cama, brinquedos, tapetes higiênicos, ração e coleira. Nesse momento, você pode desembolsar de  R$ 100 a até mais de R$ 1.000. Tudo depende da qualidade e marca dos produtos.

Os primeiros meses
Nos primeiros meses de vida, os gastos são bastante altos, principalmente pelo calendário de vacinas, que deve ser seguido rigorosamente, e pela castração do animal. As vacinas podem custar de R$ 100 a R$ 300 por dose.

OS GASTOS COM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO NOS PRIMEIROS MESES SÃO MAIORES

A castração do animal pode ser feita no primeiro ano de vida e custa de R$ 500 a mais de R$ 2.000. Algumas prefeituras e hospitais veterinários oferecem mutirões de castração com  preços acessíveis ou gratuitamente.

Gastos recorrentes
Após esses gastos iniciais, as despesas mensais e recorrentes podem continuar elevadas. Mensalmente, podemos incluir banho e tosa, que, dependendo da raça e do porte do cão, pode custar mais de R$ 100 por sessão. Este serviço precisa ser feito semanalmente ou uma vez por mês, conforme o tipo de pelo do animal.

Os gastos com alimentação são bastante variáveis, dependendo do porte do animal e de possíveis necessidades especiais. Alguns animais precisam de ração especial, com menos sódio ou com diferentes tipos de proteína. Quanto mais específico for o alimento, mais caro ele fica. Levando em conta esses fatores, os custos com ração podem ser de R$ 50 a mais de R$ 300 mensalmente.

A cada mês ou a cada três meses, o animal deve receber aplicações de antipulgas e vermífugos. Os preços desses produtos variam de R$ 20 a R$ 100 por aplicação.

Eventualmente, o seu bichinho pode ficar doente, e os custos com a saúde dele podem começar em algumas centenas de reais e ultrapassar facilmente os milhares de reais.

Custos opcionais
Além desses custos, que são inevitáveis para manter um animal de estimação, outros são opcionais, mas trazem conforto para o pet e seu dono. Tapetes higiênicos são muito práticos na hora de limpar as necessidades do cão –o custo deles é de R$ 30 a R$ 90 por mês.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias