cinema

Museu da Imagem e do Som faz exibição gratuita de documentários

A programação é realizada em parceria com a Escola de Música do Maranhão e a Superintendência de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, que cedeu os filmes.

Reprodução

O Museu da Imagem e do Som (MIS), equipamento cultural do Estado, vinculado à Secretaria de Cultura (Secma), neste domingo (18), às 17h, gratuitamente, exibe os documentários Pixiguinha e Nelson Cavaquinho, no Forte Santo Antônio, Espigão da Ponta d’Areia, em São Luís.

A programação é realizada em parceria com a Escola de Música do Maranhão e a Superintendência de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, que cedeu os filmes. A sessão será seguida de roda de conversa com o jornalista e diretor da Escola de Música, Zema Ribeiro, e o radialista Pedro Sobrinho. 

A diretora do Forte Santo Antônio, Amélia Cunha, disse que a exibição faz parte de uma série de eventos que o MIS pretende realizar ainda este ano. “O museu terá sessões mensais de cinema com temática ligada à música, rádio, quadrinhos, entre outras. Queremos, também, fazer do espaço de exibição do MIS um ponto de apoio para as produções cinematográficas locais, incentivando a produção de audiovisual e os realizadores maranhenses”, destacou.

Sobre os documentários 

Pixinguinha, de João Carlos Horta, foi realizado em 1969 e traz recortes de depoimentos de Pixinguinha, imagens do local onde tocava e cena rara do músico ao saxofone. O filme traz, também, uma breve retrospectiva sobre a vida do artista, seu interesse pela música e pelo choro.

No documentário Nelson Cavaquinho, as imagens foram captadas pelo cineasta Leon Hirszman, diretor de grandes obras do Cinema Novo como Eles não Usam Black-tie, Que País É Este? e A Falecida. As cenas ilustram o cotidiano do sambista Nelson Cavaquinho; sua casa, sua família e sua música no bairro da Lapa, Rio de Janeiro.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias