CORONAVÍRUS

No Maranhão

3483
183461
175992
3978
MEDIDAS

Governador vai contratar pessoas para organizar fila dos bancos

Durante a coletiva, ele também anunciou que as aulas da rede pública e privada estarão suspensas durante todo o mês de maio

Divulgação

A informação foi confirmada pelo governador Flávio Dino durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (1). O governador anunciou também que um novo decreto para atender o cumprimento da decisão judicial de lockdown, a disponibilização de novos leitos de UTI, a compra de novos respiradores entre outras medidas.

No início da coletiva, após apresentar os números de ocupação dos leitos o governador anunciou que dos 161 leitos exclusivos para pacientes diagnosticados com a Covid-19, 125 já estão ocupados. Até ontem, 36 leitos estavam disponíveis na capital. Em outras cidades do estado, 66 leitos de UTI estão disponíveis.

Leia também: 

Dino afirmou também a disponibilização na outra semana de mais 130 leitos, além da utilização total do Hospital do Servidor para atender pacientes com o novo coronavírus.

Além dos 211 respiradores que chegaram ao estado, o governador afirmou a compra de mais 70 aparelhos que devem chegar em breve para ajudar no tratamento dos pacientes internados.

Lockdown

Sobre a medida decretada na noite da última quinta-feira (30), assinada pelo juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís, o governador Flávio Dino informou que o estado acatará a decisão e anunciou a edição de um novo decreto até domingo (3).

Dentre as novas medidas, Dino garantiu que caminhões que transportam produtos essenciais como alimentos, combustível, remédios e outros, poderão circular livremente.

Barreiras para evitar o trânsito de veículos também serão instaladas nas principais avenidas da capital maranhense, além da proibição de estacionamentos na Avenida Litorânea, Espigão e Centro de São Luís. Haverá ainda a redução de pontos de parada de ônibus na região metropolitana.

Estarão mantidos o funcionamento de supermercados, feiras, mercados, farmácias e deliveries de produtos alimentícios e farmacológicos. Por isso, o governador pediu para que as pessoas evitem aglomeração correndo para os supermercados. “Não há necessidade alguma de corrida para comprar alimentos”, enfatizou.

De acordo com a decisão, a medida, que começa a valer no dia 5 de maio valerá inicialmente, por 10 dias nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar.

Aulas

Ainda durante a coletiva, o governador anunciou que as aulas da rede pública e privada estarão suspensas durante todo o mês de maio e devem retomar apenas do dia 1º de junho. O decreto oficializando a suspensão das aulas será editado até o domingo.

Filas de bancos

Com relação a recorrente aglomeração de pessoas em frente aos bancos, principalmente devido o saque do auxílio emergencial, o governador criticou a Caixa Econômica pela falta de controle da situação.

Ainda na ocasião, Dino anunciou que será lançado um edital para contratação temporária de pessoas que irão organizar as filas nas agências da Caixa Econômica. Multas vão ser aplicadas aos bancos da Grande Ilha de São Luís que descumprirem as normas de segurança.

Coronavírus no Maranhão

a noite desta quinta-feira (30), a Secretaria do Estado de Saúde divulgou o boletim atualizado sobre o coronavírus no Maranhão. De acordo com os dados, o número de casos confirmados subiu para 3.506, sendo 204 óbitos. Ainda de acordo com a SES, também foram registradas 784 pessoas recuperadas.

Conforme o novo boletim, em 24, a SES registrou 316 casos novos positivos de covid-19 no Estado e mais vinte óbitos. Foi contabilizado também 449 profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. Destes, 349 já estão recuperados.

Em relação aos óbitos, a SES confirmou mais 20, sendo um homem de 75 anos, sem comorbidades, residente em São Benedito do Rio Preto; homem de 44 anos, com hipertensão e diabetes, residente em Cachoeira Grande; mulher de 37 anos, com hipertensão, diabetes e problemas neurológicos, residente em Esperantinópolis; homem de 69 anos, com diabetes, residente em Bacabeira.

Os outros 16 óbitos foram registrados em São Luís, sendo 13 homens e três mulheres, são eles: homem de 75 anos, com hipertensão e diabetes; homem de 81 anos com hipertensão; homem de 89 anos, com hipertensão; mulher de 62 anos, com hipertensão e diabetes; mulher de 44 anos, com doença renal crônica; homem de 75 anos, com hipertensão; homem de 58 anos com hipertensão e diabetes; homem de 74 anos, com hipertensão; homem de 62 anos, com diabetes; homem de 71 anos, sem comorbidades; homem de 63 anos, com hipertensão e diabetes; mulher de 53 anos, com hipertensão, diabetes, problemas cardiológicos e doença renal crônica; homem de 84 anos, com problemas cardiológicos; homem de 79 anos, com hipertensão e diabetes; homem de 79 anos, com diabetes e homem de 83 anos, com hipertensão, diabetes e problemas cardiológicos

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias