CORONAVÍRUS

No Maranhão

868
53508
25120
1285
ILHA DE SÃO LUÍS

Comércio na Grande Ilha pode ser reaberto a partir do dia 21

Estão inclusas para a reabertura, lojas de departamento e de roupas

Rua Grande, maior centro comercial de São Luís, durante o lockdown

A partir da quinta-feira, dia 21, o comércio na região da Grande Ilha pode voltar a funcionar. Conforme o planejamento do Governo do Maranhão, as atividades comerciais serão as primeiras a serem reabertas e as escolas serão as últimas a terem permissão para voltar a funcionar.

Estão inclusas para a reabertura no planejamento, lojas de departamento e de roupas. Desde o dia 18 de março, o governador Flávio Dino tem editado medidas que restringem o funcionamento de atividades comerciais e também as escolares no estado. Semanas depois, o governador decretou para os prefeitos a decisão de manter as atividades funcionando ou não nos municípios.

Nessa sexta-feira (15), o gestor do estado mostrou em seu Twitter um gráfico com projeção de queda de óbitos na Ilha de São Luís, indicando que o isolamento obrigatório surtiu efeito.

Ficou a cargo dos secretários Simplício Araújo (Indústria e Comércio), Marcelo Tavares (Casa Civil) e Chico Gonçalves (Direitos Humanos) realizar reuniões com empresários e a sociedade civil organizada para planejar a reabertura das atividades a partir do próximo dia 21, de modo a tomar medidas para garantir a segurança do cidadão e evitar a proliferação rápida do coronavírus.

Nesse sentido, existe a possibilidade para que as atividades sejam reabertas de “forma gradativa”, como foi dito pelo governador Flávio Dino em coletiva de imprensa após a primeira semana de lockdown.

Em relação às aulas, Flávio Dino estabeleceu o fechamento das escolas até dia 1º de junho. Após esta data, as aulas deverão ser retomadas.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias