SÃO JOÃO

Festival de quadrilhas agitou o Arraial da Maria Aragão no sábado

O encerramento ficará por conta do cantor paraense Pinduca, o “Rei do Carimbó”, que se apresenta a partir das 22h. Oito atrações também participarão do último dia de festa do arraial da Maria Aragão.

A penúltima noite do Arraial da Maria Aragão, que aconteceu neste sábado, 30, embalou o público com uma programação pra lá de especial.

A variação de ritmos e danças com grupos de quadrilhas, show ao vivo e os tradicionais grupos de bumba meu boi sacudiram a galera que aproveitava os últimos dias de programação do arraial.

O Arraial da Maria Aragão faz parte do São João de São Luís, realizado pela Prefeitura e Governo do Estado, que se encerra neste domingo, 1º, após 17 dias de muita festa e recorde de público.

A programação da noite começou com a apresentação de sete quadrilhas juninas, onde seis delas disputavam quatro vagas para o campeonato maranhense que ocorre no mês de julho. A competição estadual vai eleger a equipe que participará do Festival Nacional de Quadrilhas Juninas, realizado em Brasília, no período de 3 a 5 de agosto.

Cheios de animação, a quadrilha mirim Mocinha do Sertão, da Vila Dom Luís, fez a abertura da competição mas não entrou na avaliação. Para a disputa, os grupos subiram ao palco e foram observados atentamente pelo corpo de jurados convocados pela Prefeitura que julgava os quesitos: quadrilha, marcador, casal de noivos e repertório com notas que variavam de 6 a 10.

A grande vencedora da noite foi a Fogo Caipira, seguida pela Juventude do Sertão (2º lugar), Rainha do Sertão (3º lugar), Alegria da Vila (4º lugar).

A aposentada Lúcia de Fátima, que curtia pela primeira vez a noite do arraial da praça da Maria Aragão, já tinha escolhido suas equipes favoritas. “É a primeira vez que venho aqui, e estou gostando muito das apresentações. Estou torcendo para as quadrilhas da Zona Rural e do bairro da Divinéia” afirmou.

Foto: Divulgação

No palco principal, quem se apresentou foi a banda Fábio Alta Tensão que animou o público com um repertório variado, cantando os maiores sucessos no ritmo de forró, sertanejo e arrocha. Com direito a “trenzinho” no meio da multidão, o grupo de despediu cantando as tradicionais toadas que estavam na boca da galera.

Após o show, quem deu continuidade à programação do arraial foram os grupos de boi de São Simão do sotaque de orquestra, boi de Santa Fé do sotaque da baixada e o boi de orquestra de Nina Rodrigues. O público que ainda permanecia no largo para acompanhar as apresentações, se encantou com a beleza exibida pelos dois sotaques, com um gingado único, muita gente arriscou reproduzir os passos que via.

Clarice Borges, turista de Belo Horizonte, que frequentou outros arraiais espalhados pela cidade fomentou o sucesso da noite de sábado na Maria Aragão. “achei lindo as apresentações, já fui em outros arraiais mas gostei muito do ambiente da praça, a cultura do estado. E estou adorando os cazumbás do Boi de Santa Fé” ressaltou Clarice.

Na Arena do Forró, o forró pé de serra tomou conta do salão com as bandas Trio Mandacaru e Kambada do Forró. Ninguém ficou de fora na hora do arrasta pé, e logo vários casais se formaram para dançar coladinho esse ritmo nordestino.

Encerramento

O encerramento, ocorre neste domingo, 1º, ficará por conta do cantor paraense Pinduca, o “Rei do Carimbó”, que se apresenta a partir das 22h. Oito atrações também participarão do último dia de festa do arraial da Maria Aragão. A programação que começa às 18h, tem Tambor de crioula Mirim de Maria Seguins, quadrilha Rosa Amarela , boi de zabumba de Mestre Basílio, grupo alternativo Baile de Caixa, Companhia Marizés, boi de orquestra Brilho da Juventude e se encerra com o Boi de Morros. Na arena do forró que anima a festa é Raimundinho e Forró Pé No Chão e Trio Poeirão.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS