TV DIGITAL

Mais de 1500 kits digitais são distribuídos a população

O sinal analógico de TV será desligado na capital maranhense no dia 28 de março, para ser substituído pelo sistema digital e as famílias podem requer o kit até 60 dias após o desligamento do sinal

Foto: Reprodução

Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de São Luís já realizaram cerca de 1.500 agendamentos para aquisição dos kits de conversação da TV analógica ao sistema digital, destinados a beneficiários de programas sociais do governo federal, na capital. O trabalho é resultado da parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís, o consórcio Seja Digital e o Instituto Formação, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), visando promover maior articulação na comunidade para garantir o direito dos beneficiários ao dispositivo. O sinal analógico de TV será desligado na capital maranhense no dia 28 de março, para ser substituído pelo sistema digital e as famílias podem requer o kit até 60 dias após o desligamento do sinal.

Os endereços dos Cras de São Luís podem ser acessados pelo link  da Semcas. Os agendamentos são realizados no horário de 8h às 12h. No agendamento consta as unidades dos Correios nos quais os beneficiários podem adquirir os equipamentos e o horário determinado para receber os kits.

A titular da Semcas, Andréia Lauande, avaliou positivamente a articulação realizada nos Cras para o agendamento das famílias que têm direito ao kit de conversão de TVs ao sistema digital. “Como o Cras é um órgão que atende diretamente a comunidade beneficiária das ações sociais do governo, a parceria foi bastante salutar no seu propósito de aproximar a ação das famílias contempladas pelo projeto e de facilitar o acesso ao agendamento, pois muitas pessoas têm dificuldades de realizar o processo por outras vias, como internet ou telefone”, observou a secretária.

Como parte da parceria entre a Prefeitura e o Seja Digital, os agendamentos para recebimento do equipamento podem ser realizados nos 20 Cras da capital. Outro aspecto positivo da parceria é que o agendamento online é feito por uma equipe de 20 jovens, na faixa etária de 18 a 28 anos, todos egressos dos serviços de proteção social e dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), desenvolvidos pela Semcas. Os jovens foram contratados pelo Instituto Formação – Organização Não Governamental (ONG) responsável pela execução trabalho, para realizarem o agendamento diretamente nos Cras.

Para seleção dos jovens, cada Cras de São Luís apontou três pessoas. Ao final do processo, um jovem dos três indicados foi contratado pelo Instituto Formação para atuar na sua comunidade. Os participantes receberam, ainda, treinamento para realizarem o trabalho de agendamento para aquisição dos kits, além de bolsa para ajuda de custo disponibilizada pelo Instituto.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS