FICA A DICA

Como começar o ano de emprego novo?

Os meses de janeiro, fevereiro e março são os melhores para procurar uma nova oportunidade.

Reprodução

O fim do ano já passou e a época de rever os objetivos alcançados no ano que passado também. Agora é hora traçar as metas para os próximos 12 meses. No topo do ranking estão os tópicos relacionados com a realização pessoal e, claro, o sucesso profissional.

Conseguir uma nova oportunidade de trabalho ou mudar de emprego lideram as listas de resoluções de ano novo. Mas para isso os candidatos precisam atualizar o currículo, conhecer e desenvolver suas habilidades sociais e investir em autoconhecimento.

Fazer um balanço dos resultados obtidos em 2019 é um bom começo para planejar o próximo ano. Mensurar os resultados obtidos ajuda a avaliar as forças e também conhecer melhor as limitações. Depois dessa análise é preciso estabelecer os objetivos para o novo ano e definir a melhor estratégia de posicionamento profissional. O planejamento serve para prever o futuro e deve preceder a ação, mas é na prática que os resultados são construídos.

Os meses de janeiro, fevereiro e março são os melhores para procurar uma nova oportunidade. O início do ano é um período onde as empresas costumam rever o planejamento, portanto, um bom momento para abrir novas vagas e assim atrair profissionais diferenciados que estão disponíveis. Essa é a boa notícia. A má notícia é que nesta época a concorrência é acirrada, ou seja, para garantir a contratação o profissional deve estar muito bem preparado.

Veja algumas dicas para começar o ano com mais chances na busca por um novo trabalho:

  • O currículo precisa ser claro e objetivo. O ideal é que esteja disponível na internet e em redes sociais como o Linkedin, por exemplo. Os objetivos pretendidos para a vaga precisam estar alinhados com a experiência profissional.
  • O candidato precisa construir uma rede de contatos. Muitas vezes as empresas buscam novos profissionais a partir de indicações dos colaboradores ou parceiros de negócios. Criar um networking é muito importante. Claro, o profissional deve ter bom senso e fazer contatos de forma natural e simpática, sem exageros.
  • Pesquisar informações sobre a empresa deixará uma boa primeira impressão, fator que pode definir a contratação. O candidato deve perguntar se é necessário levar uma versão impressa do currículo. A entrevista é prioridade.
  • Autoconfiança é fundamental para o sucesso na entrevista. Estar seguro sobre a vaga, conhecer a empresa e o perfil de profissional desejado aumentam as chances de sucesso. O profissional precisa estar consciente que se você foi chamado para a entrevista é porque o recrutador acredita que possa ter o perfil desejado.
  • O mercado de trabalho tem exigido o desenvolvimento de habilidades sociais como inteligência emocional, empatia, capacidade de falar em público e solucionar problemas, entre outras. O profissional precisa ter autoconhecimento para identificar os pontos fortes e respeitar as suas características.
  • Observar antes de agir, fazer perguntas se tiver dúvidas, ser educado e pontual, alinhar as expectativas e evitar comparações também são pontos fundamentais na busca por uma nova oportunidade.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias