Erro reconhecido

Passaram-se seis anos, e a Justiça, finalmente, reconheceu o erro nos procedimentos do hospital e o condenou a pagar danos morais. “Não cura nenhuma dor, mas talvez ensine profissionalismo e seriedade ao hospital”, desabafou Flávio Dino, anunciando que a indenização será doada.

Passaram-se seis anos, e a Justiça, finalmente, reconheceu o erro nos procedimentos do hospital e o condenou a pagar danos morais. “Não cura nenhuma dor, mas talvez ensine profissionalismo e seriedade ao hospital”, desabafou Flávio Dino, anunciando que a indenização será doada.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias