Demissões no atacado

Com as brechas da reforma trabalhista, novinha em folha no país, a Universidade Estácio, uma das maiores do Brasil e com seu braço no Maranhão, anunciou que vai demitir 1.200 professores, para depois recontratá-los pelas novas regras trabalhistas, ganhando menos. A informação é da coluna Radar, de Lauro Jardim.

Com as brechas da reforma trabalhista, novinha em folha no país, a Universidade Estácio, uma das maiores do Brasil e com seu braço no Maranhão, anunciou que vai demitir 1.200 professores, para depois recontratá-los pelas novas regras trabalhistas, ganhando menos. A informação é da coluna Radar, de Lauro Jardim.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias