Anos que se foram

Está fazendo 53 anos que o “hino” mais ouvido, exaustivamente, nos autofalantes da Diacuí (João Paulo), rádios Difusora e Ribamar, em plena ditadura de 64, era: “Novas estradas se abrindo / o petróleo jorrando/ o progresso chegando / novo Maranhão”. O governador era José Sarney, e o Maranhão ainda permanece à espera do petróleo e […]

Está fazendo 53 anos que o “hino” mais ouvido, exaustivamente, nos autofalantes da Diacuí (João Paulo), rádios Difusora e Ribamar, em plena ditadura de 64, era: “Novas estradas se abrindo / o petróleo jorrando/ o progresso chegando / novo Maranhão”. O governador era José Sarney, e o Maranhão ainda permanece à espera do petróleo e do progresso.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias