EDUCADORES FÍSICOS

Personais trainers pagam para trabalhar em academias após liminar que obriga taxa

Com a liminar, um grupo de personais protestaram nesta segunda-feira, 7, contra a volta da cobrança.

Divulgação

Academias entraram com liminar na Justiça Estadual para suspender Lei do Personal que libera o acesso gratuito dos profissionais de Educação Física para instruírem alunos em academia de São Luís.

O Projeto de Lei para isentar o personal trainer dessas taxas havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa do Maranhão em maio do ano passado pelo deputado estadual Felipe dos Pneus (PRTB), e em agosto vetada pelo governador Fávio Dino (PCdoB).

O veto então foi derrubado por deputados estaduais e até então os profissionais estavam livres para orientações de seus alunos sem a cobrança de qualquer valor.

Com a liminar, um grupo de personais protestaram nesta segunda-feira, 7, contra a volta da cobrança. De acordo com a educadora física e coordenadora do movimento “Luta Personal Trainer”, Camila Motta, é uma forma de extorsão, os valores cobrados são abusivos e os personais se sentem pressionados.

Com isso, agora a categoria luta para reverter e derrubar a liminar. “A gente conseguiu alguns aliados. A Assembleia Legislativa e a procuradoria do Estado vão entrar para derrubar a liminar. Vamos ver se pelo ao menos o poder judiciário consegue ouvir a outra parte”, disse Camila Motta.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias