BARREIRINHAS E PAULINHO NEVES

Veículos pesados estão proibidos na MA-315

Medida de proibição foi tomada pelo Conselho Estadual de Trânsito do Maranhão para garantir as condições da estrada e a segurança dos usuários dos dois municípios

Reprodução

Inaugurada oficialmente no início do ano, a MA-315,  que liga a cidade de Barreirinhas e Paulino Neves, no litoral do Maranhão,  está com tráfego restrito de veículos com mais de dois eixos (classe 2C) que não são utilizados no abastecimento das cidades e povoados ao longo da estrada. A resolução, em geral para caminhões muito grandes e pesados,  foi editada pelo Conselho Estadual de Trânsito do Maranhão (Cetran-MA) para melhorar a circulação e as condições da estrada, além de preservar a segurança dos usuários.

Para os motoristas de veículos comuns, nada muda. A restrição também não se aplica para carros dos bombeiros, de salvamento, da polícia, da fiscalização e operação de trânsito. Também continuam circulando os veículos públicos essenciais, bem como guinchos usados para atender ocorrências no trecho. “O processo em que a MA-315 foi construída a transformou na primeira ecorodovia do Maranhão – por isso a necessidade de controlar o impacto na estrada”, informa o Governo do Estado.

Punição – Os condutores flagrados desobedecendo à proibição estão sujeitos às punições e medidas administrativas previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e normas correlatas, sendo ainda devidamente responsabilizados por danos que venham a causar na rodovia e a terceiros.

Sobre a MA – A via que liga a cidade de Barreirinhas e Paulino Neves é a primeira ecorodovia do Maranhão e foi entregue oficialmente no início deste ano, com 38 quilômetros de extensão (dos quais 10 receberam bloqueteamento), sinalizada horizontal e verticalmente, e com sistema de drenagem. A iniciativa de transforma a MA em ecorodovia foi para colaborar com o meio ambiente e a preservação da fauna e da flora local.

As obras custaram R$ 9 milhões e foram realizadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura em parceria com a Ômega Energia. A obra durou oito meses e o tempo de viagem caiu de 4 horas para menos de 1 hora.

O trecho, conhecido como Pequenos Lençóis, com dunas e lagoas ao redor, faz parte da Rota das Emoções, que interliga os litorais do Maranhão, Piauí e Ceará. S municípios de Araioses, Barreirinhas, Paulino Neves, Santo Amaro, Tutóia e Água Doce do Maranhão fazem parte das cidades maranhenses que compõem a Rota das Emoções O Maranhão tem o maior número de cidades participantes na Rota, que é composta de 14 municípios ao todo.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias