EDUCAÇÃO

Prefeitura de São Luís abre concurso para a escolha de gestores das escolas

Pela primeira vez servidores públicos poderão concorrer através de eleições diretas para ocupar o cardo de gestores de escolas municipais

As inscrições, que iniciaram no dia 14 deste mês, podem ser feitas até o dia 28 (Foto: Maurício Alexandre)

A Prefeitura de São Luís está com inscrições abertas até o dia 28 de dezembro para o processo seletivo de escolha pública de servidores efetivos para as funções de gestores gerais e adjuntos das unidades de educação básica da rede municipal de ensino. São 168 vagas para o cargo de gestor geral e 147 para a função de gestor adjunto nas unidades urbanas e rurais de São Luís. O mandato tem duração de três anos.

Entre os requisitos, está a obrigatoriedade de ser servidor efetivo na rede municipal de ensino, ter curso de graduação em pedagogia ou licenciatura com pós-graduação em administração ou gestão escolar, ter experiência comprovada em unidade escolar por um período mínimo de três anos como professor, gestor escolar ou especialista em educação (coordenador pedagógico), estar em efetivo exercício há pelo menos 12 meses na escola em que vai concorrer, ter disponibilidade de 40 horas semanais, comprovar que não esteja em processo de aposentadoria. O edital estabelece ainda que cada profissional poderá concorrer para a gestão de apenas uma escola. Clique aqui para acessar o edital.

Veja Também

O seletivo acontecerá em cinco etapas: inscrição individual dos candidatos ao cargo pretendido; prova de caráter eliminatório (com seis questões objetivas de múltipla escolha e quatro subjetivas); curso de formação de caráter eliminatório com carga horária de 40 horas; formação das chapas e, por fim, a consulta pública democrática (eleição) feita pela comunidade escolar por voto direto.

Após o preenchimento do formulário online de inscrição, os candidatos deverão anexar os documentos exigidos no edital, em formato PDF, no site www.institutoexcelenciapr.com.br, para validação da inscrição.

Entre outras atribuições, os gestores escolares terão a responsabilidade de gerir tanto os processos formativos dos alunos como os recursos administrativos, humanos, financeiros e patrimoniais.

O processo seletivo para escolha pública de servidores às funções de gestores gerais e gestores adjuntos das escolas será coordenado por uma Comissão Eleitoral Municipal, integrada por membros da Semed, representantes sindicatos da categoria, pais ou responsáveis e alunos. A comissão terá a responsabilidade de implementar e acompanhar todo o processo seletivo. Todas as demais informações relativas às datas e etapas do processo, requisitos para participação, vedações, atribuições do cargo, documentação necessária, entre outros dados, estão dispostos do edital.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS