CAXIAS

Mulher agride policial e causa confusão para não ter moto apreendida

A condutora não seguiu a ordem de parada da PRF e empreendeu fuga. Ao ser alcançada, chegou a agredir um policial para não ter seu veículo apreendido

Uma motociclista foi enquadrada na noite desta quarta-feira, 18, por desobediência, desacato e por dirigir com excesso de velocidade na BR-316. Ao ser abordada, após fuga, a condutora de 32 anos surtou e chegou a agredir os policiais junto à sua família. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mulher estava fugindo com medo de ter a moto, que estava sem emplacamento, apreendida.

O caso ocorreu enquanto uma equipe da PRF realizava abordagens na Rotatória da Veneza, em Caxias. A mulher não seguiu a ordem de parada e empreendeu fuga, retornando pela contramão em alta velocidade. Segundo os policiais, a condutora “transitava perigosamente efetuando ultrapassagens e manobras arriscadas, inclusive pulando quebra molas e transitando pelo acostamento”. Um quilômetro à frente, a mulher escondeu a motocicleta em sua residência e voltou para a calçada.

Após ter solicitado a apresentação do veículo e dos documentos e ter o pedido negado, a equipe se dirigiu para buscar a motocicleta, quando a acusada pegou um objeto no chão e agrediu um policial, causando lesões nas mãos do oficial.

A família da condutora ainda chegou a se envolver na confusão: após a equipe tentar algemá-la, os familiares partiram para cima dos policiais para tentar agredi-los. A PRF, no entanto, conseguiu algemara agressora, que foi conduzida ao Plantão da Polícia Civil de Caxias.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS