PARADA LGBT

Roupa de Pabllo Vittar na Parada LGBT exibe manchetes sobre homofobia

“Vestindo a camisa” do movimento, a cantora maranhense escolheu um figurino de militância para sua performance

Foto: Divulgação/ Instagram

A 22° edição da Parada do Orgulho LBGT que está ocorrendo neste domingo, 03, em São Paulo, traz ao palco uma das performances mais aguardadas do evento, o show de Pabllo Vittar.  O objetivo, também, é buscar a conscientização do público para que sejam analisadas as propostas dos candidatos direcionadas ao público LGBT. A parada cada vez mais inclui transgêneros, e adeptos a causa.

“Vestindo a camisa” do movimento, a cantora maranhense escolheu um figurino de militância para sua performance. O casaco escolhido por Pabllo para apresentação estampava manchetes de jornais relacionados à homofobia. Por cima, uma frase em vermelho que dizia “Parem de nos matar”.

Nas fotos que a drag postou nas redes sociais é possível ler notícias como “crimes de homofobia crescem em São Paulo”, “casal de jovens lésbicas é atacado no Rio”.

O movimento esse ano conta com 18 trios que partem da Avenida Paulista em direção ao centro da capital. Além de Pabllo, Preta Gil, Lia Clarck, Anitta e outras atrações sobrem ao palco

Fim de Semana

O primeiro fim de semana de Junho trouxe a São Paulo uma vasta programação destinada ao público LGBT. A segunda edição do Festival Milkshake que celebra a diversidade sexual de estilos levou milhares de pessoas a Arena Anhembi, para prestigiar mais de 40 atrações, incluindo Pabllo Vittar, Preta Gil, Wanessa Camargo e muito mais.

O festival que antecipou o dia da Parada do Orgulho Gay contou ainda com um espaço em homenagem ao universo das drag queens, com exposições e passarela para desfiles.

Foto: Divulgação

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS