CUIDADO!

Ministério da Saúde prorroga vacinação contra a Gripe

Devido baixa cobertura do grupo de risco, o Ministério da Saúde do Brasil decidiu prorrogar a vacinação contra gripe. Segundo o órgão, a pouca adesão acendeu um sinal de alerta

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar até dia 22 a vacinação contra a gripe no país. Até o momento houve baixa adesão por parte do grupo de risco. Segundo o Ministério, no último levantamento foram detectados 11,8 milhões de pessoas que ainda não foram vacinadas. O número ainda é baixo se comparado a meta de 90% da população imunizada. No Maranhão mais de 1 milhão de pessoas foram imunizadas

A preocupação é com a chegada do inverno, período ideal de transmissão da gripe. Até 9 de junho foram registrados 2715 casos de influenza no Brasil. Desse total, pouco mais da metade é devido a H1N1, com 284 óbitos confirmados. Esses números mostram um aumento em relação ao mesmo período de 2016.

Quem não pode tomar a vacina?

A vacina é contraindicada em casos de pessoas que tiveram reações alérgicas a qualquer componente da fórmula após a aplicação de doses anteriores. Pessoas com histórico de alergia a ovo podem receber a vacina, mas com supervisão médica.

Quem faz parte do grupo prioritário?

O grupo prioritário é formado por pessoas com idades a partir dos 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos; trabalhadores de saúde; professores das redes pública e privada; povos indígenas; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); pessoas privadas de liberdade, inclusive adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas; além dos funcionários do sistema prisional.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS