Crime ambiental

Caminhão carregado de madeira irregular é apreendido em Caxias

O motorista do veículo confessou que a carga não possuía Licença Ambiental e que essa não era a primeira vez que realizava esse tipo de transporte

Reprodução

Na tarde desta sexta-feira, 8, um caminhão carregado de madeira extraída de forma irregular foi apreendido por agentes da Polícia Rodoviária Federal, em Caxias.

Na altura do km 556 da BR 316, os policiais atendiam à uma ocorrência de um acidente envolvendo um veículo de passeio, quando o caminhão MB/L1113 de placas HZG-1701 se aproximava. A PRF deu ordem de parada ao condutor do veículo de carga, um homem de 63 anos.

Ao solicitarem a documentação pessoal, do veículo e da carga o homem disse que não portava nenhum tipo de documento. Questionado sobre a origem e o destino da carga informou que estava transportando madeira nativa oriunda do Povoado Pindaíba, localizado no 2º Distrito de Caxias, e que iria entregar a lenha em uma cerâmica. Pelo trabalho, o motorista disse que iria receber a quantia de R$ 600 pela carrada de lenha irregular.

O homem confessou que a carga não tinha Licença Ambiental legal e que o transporte já vinha sendo realizado á um bom tempo, pelo menos duas vezes por semana. A carga abastecia padarias e outras fábricas da região.

Foram apreendidos 24st (estéreo) de lenha das espécies conhecidas por: Faveira, Pau-Pombo e Pau-Terra. O motorista, juntamente com o veículo e a carga, foram entregues no 1º Distrito de Polícia Civil de Caxias.

A Secretaria de Meio Ambiente de Caxias também foi acionada para comparecer na Delegacia de Polícia Civil para efetuar os procedimentos administrativos relativos à apreensão.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS