Dia do Trabalhador

Romarias pedem mais segurança e melhores condições aos trabalhadores

Na zona rural e na área Itaqui-Bacanga serão realizadas romarias pedindo atenção e superação da violência, além de lutar por direitos trabalhistas neste 1º de maio

Reprodução

Para muitos, o dia de hoje é um feriado para descansar ou aproveitar o dia livre para curtir com a família e amigos. Para muitos outros, em todo o Brasil, é dia de pedir por mais proteção, lutar contra a violência e rezar por dias melhores para os trabalhadores de todo o mundo. Em São Luís, hoje à tarde, acontecem romarias como a dos Trabalhadores da Forania São Cristóvão, que se realiza há 14 anos, e a do Trabalhador da Área Itaqui-Bacanga, que está na sua 28ª edição.

Ambas utilizam como base o lema da Campanha da Fraternidade sobre superação da violência. Na XV Romaria dos Trabalhadores da Forania São Cristóvão, o tema é Trabalhadores em marcha para superação da violência e a concentração será às 13h30, no Amarelinho (entrada do Quebra Pote), na BR-135, com saída às 14h, destino a Igreja Matriz da Paróquia São José dos Migrantes, no bairro da Vila Itamar.

A expectativa, como nos outros anos, é que uma multidão se reúna para reivindicar por menos violência. Além dessa reivindicação, entre os pontos centrais, a romaria vai manter viva a tradição da caminhada em favor da vida dos trabalhadores e trabalhadoras, dos desempregados, dos marginalizados e excluídos, reivindicando o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, cultura, ao lazer, esporte, trabalho e renda, ecologia, meio ambiente saudável e segurança.

“Acho que toda iniciativa que seja para chamar a atenção da sociedade para um mundo menos violento, igualitário e com direitos sendo preservados, será válida”, afirma a estudante Fábia Silva Santos, moradora do São Cristóvão. De acordo com os organizadores, o objetivo é construir uma sociedade mais justa, igualitária, fraterna, cheia de paz e sem violência, tema que está sendo discutido em todo o Brasil, levando adiante o lema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Durante o percurso haverá duas paradas, a primeira no Posto Magnólia e a segunda próximo à fábrica Oleama. O encerramento acontece com a celebração da Santa Missa na Matriz da Vila Itamar.
Após o encerramento, haverá apresentações culturais e outras atividades como rifas e a aguarda apresentação do grupo Santa Ignorância com a comédia Pão com Ovo.

Área Itaqui-Bacanga

Como acontece há 27 anos, também em 2018 trabalhadores e trabalhadoras de todo o estado devem se fazer presente na 28ª Romaria do Trabalhador da Área Itaqui-Bacanga, que começa às 15h, com concentração na Paróquia Nossa Senhora da Penha (Anjo da Guarda) e encerra-se na Paróquia São Daniel Comboni, na Vila Embratel. A organização da Romaria é da Forania Santos Anjos de Guarda e tem como tema deste ano: Vida sim, violência não! Com Cristo somos mais fortes!
“É um evento que não tem cunho religioso nem conotação política. Por isso, todos estão convidados a participar”, convida a organização.

Caminhada pela paz

No mesmo dia, a Paróquia do São Cristóvão promove também Caminhada pela Paz, realizada pela Pastoral Familiar da comunidade Matriz. A concentração será às 8h, na comunidade Matriz. Em seguida, participantes sairão em caminhada pelas ruas do bairro São Cristóvão e adjacentes.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS