CORONAVÍRUS

No Maranhão

1084
1529
96
2
QUESTÃO AGRÍCOLA

Governo investe na agricultura familiar para garantir desenvolvimento econômico

Três mil famílias serão beneficiadas, inicialmente, com investimentos na ordem de R$ 13.790.000,00

Foto: Divulgação.


 Divulgação

Governador Flávio Dino recebe trabalhadores rurais e dialoga sobre políticas públicas para o setor

Nos quatro primeiros meses de gestão, o governador Flávio Dino já realizou uma série de ações para beneficiar os agricultores familiares do Estado. “Uma das coisas mais importantes para a economia maranhense é a agricultura familiar. É importante para melhorar a qualidade de vida do povo, melhorar os indicadores sociais e gerar emprego e renda. Não só no campo, mas também na cidade, porque se você tem uma agricultura forte, você tem dinheiro circulando na cidade, tem comércio melhor e gera oportunidade para todos”, declarou o governado Flávio Dino.

A primeira medida em prol da agricultura do Maranhão foi anunciada já no ato de posse do governador: a criação da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF). Apostando na capacidade produtiva do Estado, a SAF é responsável por agilizar a implantação de políticas públicas nas regiões maranhenses com capacidade produtiva e incentivar os pequenos e médios agricultores no incremento da produção e comercialização dos produtos.
Dentre as prioridades da secretaria, estão os municípios que fazem parte do Plano de Ação ‘Mais IDH’. Cada um dos 30 municípios com menores índices de desenvolvimento do Maranhão receberão os Sistemas Integrados de Tecnologias Sociais, os Sistecs, projeto desenvolvido dentro do programa ‘Mais Produção’ que garante alimentos de boa qualidade na mesa das famílias atendidas.
Os Sistecs são sistemas de culturas de itens básicos da segurança nutricional, como hortas, cultivo de frutas, criatório de peixes, galinheiros, criação de pequenos animais e minhocário para produção de húmus fertilizante, implantados nos quintais dos agricultores, com o suporte técnico da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).
Três mil famílias serão beneficiadas, inicialmente, com investimentos na ordem de R$ 13.790.000,00. Além do sistema implantado, cada família receberá um fomento no valor de R$ 2.700,00, em três parcelas mensais, tempo estimado para que os sistemas passem a produzir os alimentos.
“Com os Sistecs, o governador Flávio Dino dá um grande passo no cumprimento da meta de reduzir a fome e a pobreza extrema no Maranhão. Além de garantir os alimentos na mesa das famílias, os sistemas podem gerar renda, com a comercialização dos produtos excedentes. É, sem dúvida, uma iniciativa importante para reduzir as desigualdades sociais no estado. É mais dignidade e segurança alimentar às famílias”, ressaltou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.
Além do programa ‘Mais Produção’, com o objetivo de incrementar a agricultura do estado, o governador Flávio Dino também lançou os programas: ‘Mais Feiras de Agricultura Familiar’, ‘Mais Agroindústria Familiar’ e o ‘Mais Educação no Campo”, com o projeto ‘Biblioteca Rural Arca das Letras’. São programas também desenvolvidos pela SAF com parcerias federais.
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias