figura

Joel Sá, o ícone do Sampaio Corrêa

Joel Sá, que há mais de 30 anos é massagista do Sampaio Corrêa e se tornou ícone da torcida tricolor.

Nos anos 1960, Joel Sá conheceu aquele que seria seu time e sua grande paixão nas próximas décadas. Foi incentivado por um tio, que torcia pelo Sampaio Corrêa, que visitou pela primeira vez um estádio de futebol. Foi em dia de clássico: Sampaio Corrêa e Moto Club. Quando o primeiro time entrou, o tio sinalizou sua insatisfação com o rubro negro: “Esse aí é ‘desconjuro.'” Quando o rival entrou em seguida, o sobrinho teve paixão à primeira vista.

Joel Sá, que há mais de 30 anos é massagista do Sampaio Corrêa, se tornou ícone da torcida tricolor, pela sua irreverência na beira do campo e amor pelo time que fundado em 25 de março de 1923 por um grupo de jovens operários praticantes do futebol amador. Desde muito cedo, não queria se delimitar a ser apenar um torcedor. Queria contribuir mais com o time. “Eu varria, ajudava no time juvenil. Era um faz-tudo.”

Com o tempo, Joel foi aprendendo mais e mais. Hoje, aos 60 anos de idade, ocupa a função de massagista e, sobretudo, de animador de torcida. Ele costuma dançar, pular e teatralizar enquanto ajuda o time. “Eu sempre fui assim cheio de gaiatice. A torcida tá mole, você tem que fazer alguma coisa para agitar a torcida.”

Joel Sá – O mito do Sampaio

#TVImparcial Conheça Joel Sá, que há mais de 30 anos é massagista do Sampaio Corrêa FC e se tornou ícone da torcida tricolor, pela sua irreverência na beira do campo e amor pelo time.

Posted by O Imparcial on Friday, November 24, 2017

Perguntado se já chegou a hora da aposentadoria, Joel é categórico: “Parar para quê? O dia que eu não vou lá, eu fico doente.” Para o futuro – já que não pretende parar – o ícone da Bolívia Querida deseja ver o time, que este ano competirá na série b do Brasileirão, sempre no topo das listas do futebol. “Ainda vou conseguir ver o Sampaio na primeira. Tenho fé.”

MOSTRAR MAIS