Superação

A história de vida de Graziely, que sofre de hidrocefalia

Ainda recém-nascida, ela foi desacreditada pelos médicos a ter, no máximo, três meses de vida. Mas, este ano (2017), ela completou 24 anos.

Gaziely Alves Régis sofre de hidrocefalia, que é acúmulo de líquido dentro do crânio, devido uma retenção. A causa foi uma gestação conturbada. Sua mãe contraiu rubéola durante a gestação. Ainda recém-nascida, ela foi desacreditada pelos médicos a ter, no máximo, três meses de vida. Mas, este ano (2017), ela completou 24 anos. O que explicaria esse fenômeno?

A hidrocefalia tem tratamento. Na maioria dos casos, é cirúrgico com a colocação de um shunt – uma váuvula que tem como função drenar o líquido excedente. Mas Graziely teve rejeição ao método. Atualmente, não enxerga nem anda, mas sente e ouve, garante a mãe, Adalgisa Soares Alves: “A gente fala, ela sorri. Os médicos podem até falar que ela não entende nada, que não tem cérebro. Mas, para mim, ela entende sim.”

Graziely Soares – uma história de amor e superação

#TVImparcial Gaziely sofre de hidrocefalia e foi desacreditada pelos médicos a ter, no máximo, três meses de vida. Mas, este ano, ela completou 24 anos. Só um motivo explica o caso: o amor materno. <3

Posted by O Imparcial on Wednesday, November 22, 2017

A despeito de sua condição, Graziely é forte e o corpo tem aparência saudável, sem escaras. Contudo, possui tem o sistema imunológico frágil, o que fez com que sua mãe, Adalgisa, largasse o emprego para se dedicar exclusivamente à filha.

E se você chegar a conclusão de que esta é uma família com sentimentos de sofrimento, está enganado: “Eu acordo, dou bom dia. Tudo que eu faço, eu faço sorrindo.” Por fim, Adalgisa, resume sua história:”Eu não espero nada dela. Eu só dou o que eu posso dar, que é o meu amor. É amor mesmo. Não tem outra palavra. Eu a amo do jeito que ela é.”

MOSTRAR MAIS