CORONAVÍRUS

No Maranhão

5088
80451
61093
2048
RECUPERADOS

74% dos casos confirmados já estão recuperados no Maranhão

O Maranhão totalizou 59.100 pacientes curados de coronavírus

Reprodução

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (29), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão totalizou 59.100 pacientes curados de coronavírus. Nas últimas 24h, 731 pessoas receberam alta de acordo com orientação do Ministério da Saúde.

O boletim também informou, que desde o início do monitoramento de casos no estado, já foram realizados 160.080 testes. Mais de 80 mil casos foram descartados e hoje (29), o número de casos suspeitos é 4.720.

Centros de testagem

Os testes podem ser feitos nos Centro de Triagem da Policlínica Diamantes e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi, Cidade Operária, Itaqui-Bacanga e Vinhas. Para os profissionais da saúde e segurança pública o atendimento está acontecendo no Viva Beira Mar. No interior do estado, os teste estão sendo realizados nos hospitais regionais.

Segundo o boletim, o estado tem 78.969 casos confirmados de coronavírus e 2012 óbitos. Nas últimas 24h, foram registrados 30 novas mortes e 452 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 381 novos casos, Imperatriz registrou 7 e a Ilha de São Luís 69.

Dos mais de 78 mil casos confirmados, 17.857 ainda estão ativos. Desses, 16.949 estão em isolamento domiciliar, 549 internados em enfermaria e 359 em leitos de UTI.

Os 30 novos óbitos registrados nas últimas 24h, aconteceram nas seguintes cidades: Coelho Neto (1), João Lisboa (1), Monção (1), São Raimundo do Doca Bezerra (1), Tutóia (1), Paço do Lumiar (2), Santa Inês (2), Vitorino Freire (3), Timon (8) e São Luís (10).

Conforme informações divulgadas pela SES, do número de óbitos, 61% é masculino e 39% feminino, a faixa etária com maior número de mortes é acima de 70 anos, com 87% apresentando comorbidades, sendo as principais hipertensão arterial e diabetes mellitus.

A evolução do número de casos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado continua em 19, estando presente na maioria dos casos o vírus da influenza B.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias