CORONAVÍRUS

No Maranhão

1730
32620
8639
932
POLÍTICA

Celso de Mello determina divulgação de vídeo da reunião de Bolsonaro

Em sua decisão, o ministro solicitou apenas supressão de poucos trechos relacionados a assuntos de Estado

Ministro Celso de Mello (Foto: Carlos Moura)

Nesta sexta-feira (22), o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril. Ocasião na qual existiu uma suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. Em sua decisão, o ministro solicitou apenas supressão de poucos trechos relacionados a assuntos de Estado, em que havia menção a outros países.

A decisão foi tomada após Celso de Mello ter assistido o vídeo na última segunda-feira (18). O ministro é o responsável no STF pelo inquérito que investiga suposta tentativa de interferências do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. A reunião do dia 22 de abril foi citada pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro em seu depoimento para o inquérito.

Foi solicitado pela Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) que a íntegra não fosse tornada pública e que a divulgação ficasse restrita aos trechos relacionados diretamente com a investigação em curso no Supremo.

Segundo três pessoas que assistiram ao vídeo, na ocasião, Bolsonaro acabou defendendo mudanças na Polícia Federal com objetivo de evitar que amigos e familiares fossem prejudicados por investigações em curso.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias