Metrópole

Metropolização da Ilha de São Luís será discutida em audiência pública

A Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa marcou a reunião para o próximo dia 30

Reprodução

A Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Social vai realizar no próximo dia 30, na Assembleia Legislativa, uma audiência pública para tratar de assuntos relacionados à metropolização da Ilha de São Luís.

Os detalhes da audiência foram definidos na reunião ocorrida na manhã desta terça-feira (9), na sala das comissões, pelos deputados Dr. Yglesio, Hélio Soares e Carlinhos Florêncio.  Os deputados também definiram a realização de uma reunião com os técnicos da Aged, na manhã da próxima terça-feira, para tratar questão dos matadouros públicos do Maranhão.

O presidente da Comissão, deputado Dr. Yglesio, afirmou que a motivação para a realização da audiência foi justamente as catástrofes que estão ocorrendo na Grande Ilha, como o processo irregular de ocupação do solo e o excesso de degradação  das áreas rurais. A audiência contará com a presença dos representantes do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública e técnicos da Universidade Federal do Maranhão.

Matadouros públicos

Ele também destacou a necessidade de discutir a questão dos matadouros públicos do Estado. “É uma questão de alimentação e, também, sanitária. Por isso, é importante discutir isso. Na semana que vem, deverão comparecer os técnicos da Aged para que tenhamos um mapa estadual desses matadouros, para que possamos saber qual é a real situação e colocarmos em prática algumas ideias que foram conversadas aqui pela comissão”, acentuou o deputado.

O deputado Carlinhos Florêncio enfatizou a necessidade de discutir a questão dos matadouros públicos. Segundo ele, existem municípios que estão há três anos e meio com os matadouros fechados.

“A gente sabe que os recursos estão escassos para a manutenção de um matadouro público dentro dos padrões que a Vigilância Sanitária exige. Municípios como Paulo Ramos e Marajá do Sena, por exemplo, vêm sofrendo com isso há bastante tempo.  Esta é a hora da gente estender essa discussão aqui na Assembleia”, afirmou Florêncio.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias