Durante o Carnaval

No período de carnaval, Duarte Jr. acompanha atendimento no Socorrão I e Hospital da Criança

Ao lado do secretário saúde Lula Fylho, deputado estadual inspecionou os setores de Urgência e Emergência de dois importantes hospitais de São Luís

Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (04), o deputado estadual Duarte Jr. inspecionou os hospitais Socorrão I e Hospital da Criança, duas instituições estratégicas para a saúde pública de São Luís. Ao lado do secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, e dos secretários-adjuntos Natália Mandarino e Marcos Pantoja, Duarte Jr. percorreu os setores de Urgência e Emergência dos dois hospitais e conversou com profissionais, pacientes e acompanhantes.

“A situação da saúde pública requer presença e ações constantes. Como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia, vou continuar vigilante para que nossa saúde pública continue melhorando e ofereça um atendimento eficiente e humanizado”, declarou o deputado.

O secretário municipal de saúde também afirmou a importância das visitas e elogiou a presença de Duarte Jr. nas inspeções. “Mantemos a rotina de visitar nossas unidades de saúde como forma de observar as necessidades de nossas equipes. Hoje na visita tivemos a companhia do deputado Duarte Jr e isso ajuda a entender como funciona uma rede de saúde e, a partir daí, uma maneira mais assertiva de ajudar a tornar essa rede mais eficiente”, disse o secretário. Duarte Jr. também pôde conferir a situação do pequeno Pietro, que está internado no Hospital da Criança.

“O Pietro está sendo devidamente atendido pela equipe médica, recebendo alimentação e cuidados que sua situação merece. Vamos seguir acompanhando para garantir o sucesso deste caso e a paz que o Pietro e sua família precisam”, afirmou Duarte.

O deputado reafirmou também que, sendo a saúde um direito fundamental garantido pela Constituição, sua atuação pela garantia dos direitos nessa área seguirá constante e vigilante. “Acredito que a ação e o diálogo são as melhores maneiras para continuarmos encontrando soluções que façam a saúde pública avançar”, concluiu.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS