GOVERNO FEDERAL

Como primeiro ato à frente da presidência, Bolsonaro aumenta salário mínimo

O valor sofreu uma correção de 4,6%, o segundo menor aumento desde 2012; a correção mais baixa aconteceu em 2018 e foi de menor que 2%

Bolsonaro recebe faixa presidencial de Michel Temer (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma vez empossado, o presidente Jair Bolsonaro assinou seu primeiro decreto, em que estabelece que o salário mínimo passará de R$ 954 para R$ 998 este ano. O valor já está em vigor desde sua publicação, em 1º de janeiro.

Sem contar a última correção do salário mínimo durante o governo Temer, de 2017 para 2018, que foi de 1,8%, o aumento publicado por Bolsonaro é o menor desde 2012. O decreto foi assinado também pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Confira o histórico de aumentos:

(Fonte: Portal Contábeis)

O salário mínimo é usado como referência para os benefícios assistenciais e previdenciários. O mínimo é corrigido pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor mais a variação do Produto Interno Bruto dos dois anos anteriores.

Outras medidas em 1º de janeiro

Jair Bolsonaro também editou uma medida provisória que estabelece a organização básica dos órgãos da Presidência da República e dos ministérios. Em outro decreto, o governo altera a organização das entidades da administração pública federal indireta. Foram publicados igualmente os decretos de nomeação dos novos ministros.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias