ARTE E EDUCAÇÃO

Projeto beneficente para crianças reúne graffiti, cores e educação

A primeira edição do projeto Cores da Vila será realizada neste domingo (16), na Vila Embratel

Reprodução

Levar arte, educação e alegria às crianças de comunidades periféricas é o principal objetivo do projeto Cores da Vila, que terá a sua primeira edição neste domingo (16), na Vila Embratel (Área Itaqui-Bacanga). A partir das 10h, na Rua Dois de Maio, estarão reunidos grafiteiros e muralistas para pintar os muros da comunidade e deixar o fim de ano das crianças mais colorido. O projeto, idealizado pelo artista visual Romildo Rocha e pela produtora Amanda Travassos, traz também oficinas, brincadeiras e doações para os pequenos.

Os protagonistas da história também vão deixar seu registro artístico. Eles serão iniciados no graffiti a partir de oficina que será realizada por Edi Bruzaca. Já para o público adolescente, o publicitário John Barros oferecerá uma oficina de serigrafia – técnica de impressão artesanal, geralmente utilizada em camisas.

O Cores da Vila é resultado de um esforço coletivo de artistas, voluntários e comunidade. Além dos moradores apoiando e participando, mais de 10 pessoas se prontificaram para ajudar nas brincadeiras infantis, alimentação e entrega de brinquedos e cestas básicas para as famílias.

A intenção é que o projeto atinja pelo menos 80 crianças, explica o realizador Rocha. “A primeira edição será na Vila Embratel, mas nós queremos realizar o projeto em várias comunidades de São Luís. A gente conta com a ajuda da comunidade, dos artistas e voluntários. O Cores a Vila é totalmente independente, sem vinculação política”, esclarece.

Os interessados em ajudar no evento devem entrar em contato por meio da página do Cores da Vila na rede social Instagram.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias