RESSACA ELEITORAL

Assembleia Legislativa apresenta em sessão esvaziada no pós-eleição

A sessão do pequeno expediente teve discursos de agradecimentos e pouca produtividade. Deve entrar em pauta próximos dias a discussão em torno da Lei de Diretrizes Orçamentárias

Sessão esvaziada no pós-eleições 2018. Somente 14 deputados marcaram presença em plenário. (Foto: Pedro de Almeida / O IMPARCIAL)

Nenhuma novidade na primeira sessão legislativa logo após o término do período eleitoral estadual. Com 50% de renovação nas eleições de 2018, somente 14 deputados estiveram no pequeno expediente da Assembleia Legislativa do Maranhão. Destes, somente sete foram reeleitos, que são eles Antônio Pereira, César Pires, Edson Araújo, Glabert Cutrim, Neto Evangelista, Wellington do Curso e o presidente da casa, Othelino Neto. Com êxito nas urnas, mas sem retorno para o legislativo maranhense, estiveram os deputados Josimar de Maranhãozinho e Eduardo Braide, primeiro e segundo mais votado, respectivamente.

Sem garantir a reeleição, mas presentes na sessão estiveram os deputados Cabo Campos, Dr Levi Pontes, Edivaldo Holanda, Júnior Verde e Marcos Caldas. Alguns destes estão bem posicionados na lista de suplência e devem acabar retornando na próxima legislatura. O deputado Josimar foi eleito deputado federal com votação recorde. Foram mais de 195.768 votos em todo o Maranhão, o deputado destaca que nessa eleição ampliou sua capilaridade eleitoral, quebrando a barreira da região do Túri. “Fui votado em todas as regiões do Maranhão. Agora tenho que estar presente em todo o estado, focar realmente as necessidades do nosso estado”, promete o deputado.

O deputado Eduardo Braide não retorna à Assembleia Legislativa do Maranhão no próximo ano, com votação história em São Luís, superior a 130 mil votos, o candidato reconhece, com surpresa, sua votação na capital. “Meu grupo aqui no Maranhão é o povo. Fico feliz em ter esse reconhecimento do nosso trabalho. A nossa mensagem que chegou a todos os municípios do estado do Maranhão, mas de forma especial em São Luís. Tive a felicidade e a surpresa de ter uma votação que nunca ninguém conseguiu ter aqui em nossa capital, mais de 130 mil ludovicenses nos escolheu como deputado federal”, agradece. O destaque para votação nos próximos dias deve ser a pauta da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Aos poucos a ressaca eleitoral deve passar para dar vez ao expediente normal do legislativo maranhense. É o que se espera.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS