PROPOSTAS

Haddad é o único candidato a citar base de Alcântara em propostas

A Aeronáutica espera que um Acordo de Salvaguarda Tecnológica entre Brasil e EUA e a criação de uma empresa pública para gerir as atividades do Centro sejam votados em breve pelo Congresso

Com a pauta do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) em suspenso desde que o Congresso brasileiro frustrou o Acordo de Salvaguarda Tecnológica entre Brasil e Estados Unidos para utilização do espaço, nos anos 2000, os responsáveis pela comissão que visa alavancar o uso comercial da área espera que um novo tratado seja votado em breve pelo legislativo. “Não existe presidente que venha a assumir esse país que não coloque na pauta de importância o espaço“, comentou o presidente da Comissão de Coordenação de Implantação de Sistemas Espaciais, Major-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando Aguiar.

Entre os 13 candidatos que disputam o cargo de Presidente do Brasil, apenas o petista Fernando Haddad menciona especificamente o CLA. De acordo com o Plano de Governo do partido do ex-presidente Lula,

Será retomada a política de defesa de nosso território e mares, “a defesa da Pátria” preconizada para
as Forças Armadas por nossa Constituição, por meio de projetos para o resguardo de nossa soberania, como a consolidação de uma Base Industrial e Tecnológica da Defesa (BITD), o submarino de propulsão nuclear, a política aeroespacial a partir da Base de Alcântara, o satélite geoestacionário, o Sistema de Foguetes – Astros 2020 e Blindados Guarani.

Vale lembrar que o acordo entre Brasil e EUA não foi fechado anteriormente justamente no governo Lula (2003-2011).

O Plano de Governo de Marina Silva, da Rede, chega apenas a citar a Aeronáutica, informando ao eleitor que “se compromete com a adequação dos efetivos do Exército, da Marinha e Aeronáutica, com o aprimoramento de sua capacidade operacional e com a elevação de seu nível tecnológico“. Já Cabo Daciolo, do Patriota, mencionou somente a participação da Força Aérea Brasileira na questão das fronteiras.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS