Flávio Dino (PCdoB) aceitou o convite da universidade Estácio e compareceu na noite de hoje (12) para uma roda de conversa com o tema “promoção de acesso a direitos para a população carente do estado”.

O evento, marcado para às 18h30, começou com mais de uma hora de atraso, pois o candidato estava em outra entrevista.

O público era formado, em sua grande maioria, por universitários.

Quando o evento começou, professores e defensores públicos subiram ao palco para defender a necessidade do diálogo e debate de idéias nas eleições.

Quando finalmente chegou a vez de Flávio Dino, .ele se apresentou e defendeu projetos sociais e a gerência do Estado principalmente na saúde e na educação.

O candidato pediu para falar pouco na introdução, pois queria responder o máximo de perguntas possíveis dos alunos. Dois monitores do evento passaram recolhendo as perguntas da platéia.

As perguntas foram reunidas em temas semelhantes.

Quando questionado sobre o concurso público que contratou mais de mil policiais, afirmou que ainda não estava contente com o contingente estadual, e que estava se concentrando em melhor as condições de trabalho dos policiais para chamar novos recrutas.

Uma hora depois de começar, a organização propôs encerrar o evento, mas…

Então o candidato prosseguiu por mais alguns minutos.

Quando finalmente encerrou, pediu para fitar uma foto com a platéia:

(Foto: Gentileza/Rodrigo Mendonça)

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO