Paz e Amor

Câmara de São Luís retorna às atividades em clima de eleição 

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ratificou o compromisso da sua gestão com os ludovicenses

Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de São Luís retomou suas atividades ontem em um verdadeiro clima de “paz e amor”. O discurso adotado na reabertura dos trabalhos foi o da união entre os Poderes. Prova disso foi que a discussão sobre a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2021 ficou em segundo plano muito por conta da impressão de harmonia envolvendo o presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum (PR), tanto com o governo do estado, quanto com a Prefeitura de São Luís, passando pela Assembleia Legislativa, Ministério Público e Tribunal de Contas. O detalhe é que esta eleição poderá, no futuro, interferir ou não no clima de “paz e amor” no parlamento caso surjam postulantes à presidência. Hoje, além de Astro, pelo menos outros quatro vereadores têm seus nomes ventilados na eleição: Osmar Filho (PDT), Chico Carvalho (PSL), Ricardo Diniz (PCdoB) e Honorato Fernandes (PT).

Neste momento, Astro de Ogum segue com todo o favoritismo para ser eleito pela terceira vez como o presidente da Câmara Municipal. Até aí, tudo bem, já que Astro conseguiu harmonizar o parlamento. Mais do que conseguir o apoio interno, ele demonstra ser capaz de conseguir apoio externo para seguir no poder e pôr em prática algumas ações neste restante de mandato.

“Temos algumas prioridades, a exemplo da implantação do Plano Diretor de São Luís de forma definitiva, que será priorizado nesse primeiro semestre. Cumpriremos também o que foi determinado em acordo com a Promotoria de Interesses Difusos e Coletivos, com o recadastramento dos servidores e implantação do Portal da Transparência”,

Peça-chave

Os discursos da solenidade de reabertura dos trabalhos da Casa podem ser considerados indícios do prestígio do presidente, que ainda não decidiu se irá novamente concorrer à reeleição da Mesa Diretora. Nos bastidores, Astro de Ogum é considerado “uma peça muito importante nesse tabuleiro” de disputa interna.

O problema nesse cenário é a vontade de Astro, que garante não ter pretensão de concorrer a mais um novo mandato para presidente, apesar de todo apoio que possui tanto dentro, quanto fora do Parlamento. Em entrevista ao jornal O Imparcial, em julho do ano passado, o presidente da Câmara já sinalizava sair da disputa pela Mesa Diretora.

“Eu sempre pautei minha vida com conjunturas. Primeiro, vou olhar como estão as coisas porque a gente tem outras coisas para frente. Eu não gosto de me perpetuar em poder. Acho que perpetuação de poder é a maior burrice que pode ter. Isso aqui é transitório. Eu olho muito por esse aspecto”, revelou Astro à época à reportagem.

Mas a opinião dos outros Poderes sinaliza pela continuidade de Astro. “Renovamos o compromisso com esta Casa e com o presidente Astro de Ogum, que tem sido um interlocutor frequente e, também, a reafirmação desse conjunto de obras importantes que o governo do Maranhão realiza em São Luís, em uma parceria com a prefeitura, que é sempre extensiva a uma parceria com os vereadores da nossa capital”, afirmou o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do governo, Márcio Jerry, que representou o governador Flávio Dino.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ratificou o compromisso da sua gestão com os ludovicenses. Ele também agradeceu o apoio da Câmara Municipal na aprovação de pleitos que só têm a beneficiar a população da capital.

“Continuaremos com muito trabalho. Passamos o ano anterior com muitas dificuldades na economia nacional e, sem dúvida alguma, refletindo nos governos e nas prefeituras. Mas, graças a Deus, nós estamos conseguindo atravessar essa crise com muita tranquilidade e levando as ações para a cidade de São Luís”, assinalou Edivaldo Holanda Júnior.

MOSTRAR MAIS