CARDOZO

Ministro da Justiça depõe na CPI da Petrobras

Cardozo vai prestar esclarecimentos sobre escutas supostamente ilegais na cela de investigados

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, vai depor na CPI da Petrobras na quarta-feira, dia 15, informou a secretaria da comissão de inquérito nesta segunda-feira. Ele deverá prestar esclarecimentos sobre supostas escutas ilegais nas celas de investigados na Operação Lava-Jato.
O agente da Polícia Federal Dalmey Werlang e o delegado José Alberto Iegas disseram à CPI que equipamentos de interceptação encontrados na cela do doleiro Alberto Youssef em Curitiba estavam ativos, ao contrário do que apurou sindicância da PF. Para alguns parlamentares e investigadores, não existem áudios que comprovem as alegações e o objetivo é anular a Lava-Jato.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias