CORONAVÍRUS

No Maranhão

3817
276062
246329
7612
CRIME

Polícia prende suspeito de ter invadido sítio e vitimado italiano que morava em Paço do Lumiar

Após o crime, o autuado fugiu para um povoado em Pedro do Rosário, onde foi capturado

O latrocínio ocorreu em fevereiro do ano passado (Foto: Reprodução)

Na tarde desta sexta-feira (26), a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Proteção à Pessoa (SHPP), cumpriu o mandado de prisão contra um homem suspeito de latrocínio. Após o crime, o autuado fugiu para um povoado em Pedro do Rosário, onde foi capturado.

Essa conta não é minha

Leia também: Quadrilha que contrabandeava cargas de eletrônicos é presa em Pinheiro

O latrocínio ocorreu em fevereiro do ano passado e teve como vítima o italiano Alfredo Catalani, que estava em seu sítio na cidade de Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

As investigações apontam que o crime teria sido ocasionado por três indivíduos, que entraram no sítio com o objetivo de roubar a vítima. Porém, o trio foi surpreendido pelo proprietário, que alvejou os suspeitos com dois disparos de arma de fogo.

A polícia conseguiu identificar os envolvidos na ação criminosa e solicitou a expedição de mandados de prisão contra eles.

Após a realização dos procedimentos de praxe, o autuado foi encaminhado ao Sistema Prisional, onde fica à disposição da Justiça.

Outro caso

Na tarde de da última quinta-feira (25), a Polícia Civil do Maranhão efetuou a prisão de três pessoas pelos delitos de incitação ao crime, associação criminosa e corrupção de menores.

A investigação teve início dois dias antes, quando chegou ao conhecimento da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) um áudio que teve grande repercussão em aplicativo de mensagem instantânea. 

No arquivo de áudio, um homem não identificado afirma que “arrastões” seriam praticados em estabelecimentos comerciais de São Luís, em razão das restrições aplicadas durante a pandemia da Covid-19.

De acordo com a polícia, foi Identificado ainda a formação de grupos de pessoas, em redes sociais, a fim de discutir tal planejamento criminoso.

Para se manter bem informado sobre o Maranhão acesse oimparcial.com. Siga, também as nossas redes sociais, Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Tem alguma denúncia para fazer? Entre em contato por meio do nosso WhatsApp (98) 99120-9898.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias