CORONAVÍRUS

No Maranhão

7903
193530
185663
4305
VIOLÊNCIA

Mais de 1.000 prisões em apenas seis meses no Maranhão

No início do ano de 2020 foi realizado um planejamento tendo como base a intensificação das operações policiais que culminaram em milhares de prisões

Reprodução

Mesmo com as consequências da pandemia do coronavírus, a a Polícia Civil do Maranhão tem realizados muitas operações que culminaram em cerca de 1.000 prisões em todo o estado.

No início do ano de 2020 foi realizado um planejamento tendo como base a intensificação das operações policiais e integração da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), Delegacias Regionais, Delegacias Municipais, outras superintendências que integram a Policia Civil do Estado do Maranhão, outras forças de segurança, especialmente a Polícia Militar.

O resultado dessas operações e desse trabalho integrado resultou em mais de 1.000 prisões nos primeiros seis meses do corrente ano.

  • Janeiro: 186 prisões
  • Fevereiro: 159 prisões
  • Março: 140 prisões
  • Abril: 172 prisões
  • Maio: 140 prisões
  • Junho: 215 prisões

As infrações

No total foram 1012 prisões em seis meses.

Dentre essas prisões, 458 são decorrentes de Auto de Prisão em Flagrante, 364 de Mandados de Prisão Preventiva Cumpridos, 62 de Mandados de Prisão Temporária, 50 de Auto de Apreensão de Flagrante, 38 Mandados de Prisão de Sentença Penal Condenatória, 15 de Mandados de Internação Provisória, 15 de Mandados de Prisão Civil e 4 de Mandados de Recaptura.

Além do número expressivo prisões, a SPCI ainda contabilizou a apreensão de 143 armas de fogo apreendidas, uma grande quantidade de munições, quase uma tonelada de drogas, dinheiro, mercadorias contrabandeadas, álcool em gel falsificado, aparelhos de celular e veículos.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias