CORONAVÍRUS

No Maranhão

3897
180560
173757
3914
MARANHÃO

Dois suspeitos de ação criminosa são mortos durante confronto com a polícia em Tuntum

As investigações devem continuar com o objetivo de identificar e prender, os demais envolvidos no crime.

Foto: Material aprendido

Na noite desta quinta-feira (30), a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Polícia Militar (PM), Delegacia Regional de Presidente Dutra e o Centro Tático Aéreo (CTA), realizaram uma ação contra dois homens no povoado Belém, próximo ao município de Presidente Dutra, a 350 km de São Luís.

A operação resultou em um confronto entre a equipe dos policiais e os dois suspeitos, que foram baleados e não resistiram aos ferimentos, morrendo no local. Com eles, a polícia encontrou um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380.

Segundo informações policiais, os dois estavam em uma camionete e durante a abordagem, reagiram efetuando disparos em direção a polícia. Os suspeitos faziam parte de um grupo de criminosos que planejavam um roubo a agências bancárias na cidade de Formosa da Serra Negra, no Maranhão.

Ainda de acordo com a polícia, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa de um dos envolvidos no confronto com a polícia, além de dois mandados de busca, um na casa de um dos suspeitos mortos e o outro na residência onde foram encontradas armas escondidas na tarde desta quinta-feira (30), no povoado Tabocal, na cidade de Tuntum.

Operação

A Polícia Civil do Maranhão, juntamente com a Polícia Militar e o Centro Tático Aéreo (CTA), realizaram uma operação de desarticulação de um assalto que aconteceria no Banco do Brasil da cidade de Formosa da Serra Negra, interior do estado.

De acordo com a polícia, após saberem do possível assalto que estava previsto para acontecer logo no inicio do mês de agosto, equipes da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic), passaram cerca de 15 dias em trabalho no interior do estado até acharem na última segunda-feira (27), no povoado de Tabocal, no município de Tuntum, a casa de um dos suspeitos que faria parte do grupo criminoso.

Ainda segundo a polícia, o suspeito que estava na casa conseguiu fugir, mas já foi identificado. Ele era o responsável pelo apoio logístico e pela guarda do armamento. Durante três dias foi feito um trabalho de escavação no quintal da residência e todo o material a ser usado durante a ação criminosa foi encontrado.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias