CORONAVÍRUS

No Maranhão

4193
78115
57370
1943
POLÍCIA

Suspeito de assassinar Diogo Sarney é preso em São Luís

O suspeito, que não teve a identidade revelada, passou a manhã prestando depoimento na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa e confessou o crime

Diogo Adriano Costa Campos foi assassinado na última terça-feira (16), após uma discussão no trânsito, na Lagoa da Jansen, em São Luís.

Na manhã desta sexta-feira (26), a Polícia Civil do Maranhão prendeu o suspeito de assassinar o publicitário Diogo Sarney, no último dia 16 de junho, na Lagoa da Jansen, em São Luís. O suspeito, que não teve a identidade revelada, passou a manhã prestando depoimento na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e confessou o crime.

De acordo com as primeiras informações, ele contou detalhes que ajudaram a polícia a entender a dinâmica do homicídio. Conforme as informações, o Argo vermelho utilizado no momento do crime foi tomado de assalto três dias antes do assassinato no bairro do Calhau, em São Luís.

Durante depoimento o suspeito informou que estava acompanhado de mais dois comparsas. Ao passar em frente ao condomínio de Diogo, que ia saindo de sua garagem em alta velocidade, o suspeito desviou do carro de Diogo para evitar o choque e nesse momento não houve discussão.

Após isso, o suspeito afirmou que ele estava com o vidro fechado e simplesmente seguiu e foi embora. Então, Diogo teria saído atrás dos ocupantes do Argo. Ao chegar em frente ao antigo bar Por Acaso, o suspeito afirma que Diogo passou pelo seu veículo e o trancou na via.

Em seguida, ainda segundo o autor, o publicitário desceu do seu carro e começou a dar murros no vidro do Argo vermelho. Quando o condutor do Argo abriu o vidro, segundo declarou, Diogo começou a xingá-lo e ainda lhe desferiu um soco no peito.

Após isso, o suspeito afirmou que pegou a arma de um dos companheiros que estavam no veículo, um revólver calibre 38, e atirou contra Diogo, que morreu no local. O suspeito ainda disse à polícia que a arma usada no crime não é dele.

Entenda o caso

O publicitário e sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney, identificado como Diogo Adriano Costa Campos, mais conhecido como Diogo Sarney, foi assassinado com um tiro no pescoço no fim da manhã da última terça-feira (16), após uma discussão no trânsito na Lagoa da Jansen, em São Luís. O fato aconteceu em frente ao bar Por Acaso.

Após investigações, a Polícia Civil do Maranhão, com ajuda de câmeras de segurança, identificou o carro conduzido pelo suspeito no momento do crime, um Argo Vermelho.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias