CORONAVÍRUS

No Maranhão

3917
182020
174863
3949
Operação Hipócrates

PF cumpre mandados em operação contra lavagem de dinheiro em Imperatriz

Esquema movimentou, em quatro anos, mais de R$ 90 milhões

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (17) mandados em Imperatriz e na cidade de Corumbá, Mato Grosso do Sul, contra os crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Denominada Operação Hipócrates, a ação contou com 30 agentes para cinco mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

Leia também: Polícia Federal realiza operação no Maranhão e outros 4 estados

De acordo com a polícia, ao mesmo tempo, foram realizados a apropriação judicial de bens móveis e imóveis, o bloqueio de contas e a suspensão da atividade econômica das empresas constituídas pelos investigados.

O esquema

Durante as investigações, a Polícia Federal, com apoio da Receita Federal, identificou um grupo de pessoas que realizava diversos saques em agências bancárias da cidade fronteiriça de Corumbá/MS e que, em seguida, dirigiam-se com as quantias em espécie até a Bolívia. No país vizinho, os investigados depositavam os valores em casas de câmbio das cidades vizinhas de Puerto Quijarro e Puerto Suarez. Segundo a polícia, o esquema criminoso movimentou, em quatro anos, mais de R$ 90 milhões.

A operação descobriu, ainda, que os investigados constituíram diversas empresas de fachada, com a finalidade de movimentar recursos provenientes de crimes diversos, como tráfico de drogas e peculato.

A operação

De acordo com a polícia, a operação foi denominada Hipócrates em referência ao filósofo grego pai da medicina, uma vez que o envio de dinheiro para estudantes brasileiros de medicina na Bolívia era utilizado como justificativa para a remessa ilegal dos valores ao país vizinho.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias