CORONAVÍRUS

No Maranhão

800
58859
33561
1436
PANE ELÉTRICA

Motorista é morto por assaltantes após parar carro na BR-135

Após quatro anos, outra pessoa volta a ser assassinada durante assalto na BR-135, município de Bacabeira.

Reprodução

Na noite da última terça-feira (7), José Antonio Saraiva, foi morto em um crime de assalto, mal planejado. O fato aconteceu na altura do km 27, do trecho conhecido como Campo de Peris.

De acordo com informações contidas no relatório da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atendeu a ocorrência, no fim da noite da terça, o motorista da caminhonete VW Amarock, de cor branca, placas de Minas Gerais, após esta ter sofrido pane mecânica, desceu do veículo para saber o que tinha acontecido. Além de José Antonio, viajavam com ele a esposa, uma filha e a neta. A família estava vindo da região Tocantina, com destino à capital maranhense.

Ao sair do veículo, quatro suspeitos o abordaram. José Antonio Saraiva foi baleado por um dos criminosos, que levaram celulares, carteiras, bolas e algumas bagagens das vítimas.

O motorista ainda foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maracanã, onde chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Os demais ocupantes da caminhonete não sofreram ferimentos.

A PRF e a Polícia Militar foram acionadas e fizeram buscas na região, mas não conseguiram localizar os assaltantes. As investigações visando a identificação e prisão dos mesmos já começaram, pois o caso se encontra na Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI).

Bailarina morta em 2016

Divulgação

No dia 26 de março de 2016, um caso parecido foi registrado no mesmo trecho. A vítima foi a bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, de 51 anos, na época, levou tiros de espingarda após desviar dos buracos na BR-135, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com as investigações, os disparos foram efetuados por três suspeitos, que fugiram após roubar os pertences da vítima. Ana Lúcia estava acompanhada de uma amiga, que não se feriu.

Reprodução

O suspeito de ter atirado na bailarina foi um adolescente de 17 anos, apreendido pela Polícia Militar do município de Rosário, no povoado Salva Terra, no dia 16 de abril. O rapaz tinha vasto histórico de infrações cometidas na adolescência.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias