REGIÃO METROPOLITANA

Corpo de taxista desaparecido é encontrado com sinais de tortura na Divinéia

Quatro pessoas suspeitas foram capturadas e levadas para delegacia para esclarecimentos.

Reprodução

Foto: Reprodução

Um taxista identificado como José Manuel Rebelo Sousa, de 61 anos, que estava desaparecido desde a tarde do último sábado (30), foi encontrado morto na manhã deste domingo (1º) no bairro Divinéia, em São Luís.

O corpo que estava enterrado em uma cova rasa no fundo de uma casa abandonada, apresentava sinais de tortura. A vítima, morava próximo ao local onde aconteceu o assassinato. O carro ainda não foi localizado.

De acordo com informações policiais, José Manuel desapareceu após sair para fazer uma corrida de táxi solicitada por um homem, uma mulher e um adolescente. Depois disso, a vítima não foi mais localizada pela família que informou a polícia sobre o ocorrido.

Após o início das investigações, o corpo da vítima foi encontrado com as mãos e os pés amarrados e sinais de tortura. No local onde ocorreu o crime, populares haviam encontrado inicialmente os documentos e o chinelo do taxista, além de manchas de sangue.

Quatro pessoas suspeitas foram capturadas e levadas para delegacia para esclarecimentos. Um adolescente confessou a participação no crime e levou os policiais até o local onde o corpo estava.

De acordo com a Polícia Militar, a principal suspeita é que os suspeitos tenham assaltado o veículo, praticado assaltos e em seguida, tenham assassinado o taxista. O corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso continua sendo investigado.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias