REGIÃO METROPOLITANA

Suspeito de assassinato e ocultação de cadáver é preso em São Luís

A vítima Elayne Ingridy Diniz Pereira foi vista pela última vez no dia 16 de abril deste ano

Reprodução

Um homem identificado como José Ribamar Silva Saraiva, mais conhecido como “Riba” foi preso na tarde dessa quinta-feira, 5, pela Polícia Civil do Maranhão por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP). Ele é suspeito de assassinar Elayne Ingridy Diniz Pereira, desaparecida desde o dia 16 de abril deste ano.

A ossada da vítima de feminicídio foi encontrada no dia 26 de agosto deste ano, em um matagal localizado próximo ao Hospital Carlos Macieira no bairro do Calhau, e encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), para análise de vestimentas que foram encontradas no local.

Os peritos tiveram dificuldades para identificar o cadáver no primeiro momento por conta da degradação, porém, após perícia foi possível identificar a vítima pela arcada dentária.

De acordo com as investigações, Riba foi à última pessoa a ser vista com Elayne, em dois pontos específicos da cidade, que seriam o Terminal de Integração do São Cristóvão e o Hospital Carlos Macieira.

Segundo informações do delegado Felipe César, responsável pelo caso, José Ribamar tem uma condenação por homicídio da qual já cumpriu nove anos. Ele estava em regime aberto.  

José Ribamar foi preso em casa e apresentado na sede da SHPP para prestar esclarecimentos.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias