PRISÃO

Suspeito de ter matado jovem no Sítio Natureza é preso em Santa Inês

Ele é o principal suspeito de ter assassinado, Bruno Rafael Silva, de 26 anos, no dia 24 de junho, no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar.

Reprodução

Foi preso na tarde desta quarta-feira, 17, Lucas Santos, de 20 anos, na cidade de Santa Inês. Ele é o principal suspeito de ter assassinado, Bruno Rafael Silva, de 26 anos, no dia 24 de junho, no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar.

Lucas Santos foi preso por policiais civis em uma pousada no município de Santa Inês, e está sendo encaminhado para São Luís onde irá prestar depoimento.

Relembre o caso

Um jovem de 26 anos, identificado como Bruno Rafael Silva, foi assassinado brutalmente, no dia 24 de junho, em sua casa, no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar. O principal suspeito do crime é um rapaz conhecido como Lucas Santos que estava dividindo a casa com a vítima há quase uma semana antes do crime.

O corpo de Bruno Rafael foi encontrado sem vida por seus familiares embaixo de uma caixa d’água vazia, coberto por plásticos.

Segundo informações, Bruno Rafael teria feito uma festa de aniversário para sua namorada Letícia Moura em sua residência com a presença de amigos e familiares. Após o fim da festa, ficaram na casa: Letícia (namorada), Bruno (vítima) e André (suspeito).

De acordo com o depoimento de Letícia, ela estava dormindo e acordou com o suspeito tentando abusar sexualmente dela. Ela também disse que não encontrou Bruno Rafael após o ocorrido. Ao perguntar para o André Lucas sobre o namorado, ele teria dito que a vítima estava amarrada. Letícia afirmou que conseguiu se desvencilhar do suspeito e que ele não conseguiu realmente abusar sexualmente dela.

Já de acordo com a família, Letícia teria ligado para a mãe de Bruno por volta das 11h do dia 24, contando que a vítima teria desaparecido. Relatou também que ele havia deixado o celular em casa e sua moto na frente da residência. Além disso, afirmou que André Lucas teria tentado estupra-la. Achando estranha a história, familiares foram até a residência e encontraram o corpo de Bruno Rafael.

Vizinhos contaram que o pai do suspeito foi até a casa da vítima e relatou que o filho teria dito que havia feito uma “merda”.

De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML), Bruno Rafael foi estrangulado por volta das 4h da manhã do dia 24 de junho. A polícia de homicídios do São Francisco coletou os depoimentos da namorada da vítima.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias