MAGIA NEGRA?

Em Itapecuru, jovem pode ter esquartejado filho em ritual

Um crime brutal, onde uma mãe teria matado e esquartejou o própio filho, um bebê de apenas 3 meses.

Patricia Maria dos Santos Pereira, de 20 anos, foi presa temporariamente, pois ela é a principal suspeita de ter cometido o assassinato do próprio filho, um bebê de apenas 3 meses. O crime aconteceu no início do mês de maio, no povoado Vinagre, em Itapecuru-Mirim.

No dia 3 de maio, o corpo de uma criança foi encontrado dentro de uma sacola em um matagal. Na época, as investigações da polícia resultaram na prisão do casal Jackson Matos Pereira e Marilene dos Santos Menezes, pais de Patrícia, por suspeita de participação no crime.

Ao ver os pais presos, Patricia confessou o crime. De acordo com informações da polícia, a jovem afirmou que havia abortado espontaneamente e jogado o bebê morto dentro do carro do pai.

A Versão de Patrícia foi contestada pelo laudo do Instituto Médico Legal (IML) que afirma que a criança foi morta e depois esquartejada. Uma das linhas de investigação da polícia é que o crime teria relações com rituais de magia negra.

A suspeita foi encaminhada para a Unidade Prisional de Itapecuru Mirim.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias