MISTÉRIO EM BELÁGUA

Bebê que sumiu de dentro de casa pode estar fora do Maranhão

Uma pessoa ligada à família da criança que não teve o seu nome revelado, prestou depoimento e revelou o nome de quem teria levado a criança que pode estar fora do estado.

A polícia civil do Maranhão pode apresentar a qualquer momento os envolvidos no caso do sumiço do Jonatan Alves dos Santos, de apenas dois meses de vida, que foi supostamente raptado da casa dos seus pais, na madrugada da última  sexta-feira (21), na cidade de Belágua, a 280 km de São Luís.  Uma pessoa ligada à família da criança que teve a identidade preservada, prestou depoimento e revelou o nome de quem teria levado a criança que pode estar fora do estado.  

Jonatan Alves dos Santos pode estar fora do estado

 O pai da criança, Tadeu Nascimento de 20 anos, contou que no dia do ocorrido, ele havia colocado i seu filho na rede e ninou o bebê até ele dormir. “Só depois que ele dormiu é que que eu fui me deitar. Quando acordei e vi que ele não estava na rede não dei nenhum esparro porque pensei que ele estivesse com a mãe na cama mamando, porque as vezes ela tirava ele da rede sem eu perceber.  Procurei na cama passando a mão pelo colchão e como não topei com ele comecei a ficar preocupado”, disse Tadeu Nascimento.

Quando Jhonatan Alves dos Santos sumiu por volta de 4h da manhã, havia cerca de 10 pessoas dormindo na casa que não tem nenhuma segurança. A janela do quarto onde estava dormindo o bebê e seus pais não tem nenhuma segurança e a única proteção é plástico para diminuir a luminosidade do ambiente. Da cozinha para o quintal não há porta apenas uma pequena canecela de madeira.

Familiares do bebê não conseguem entender até o momento o que aconteceu e fazem um apelo para quem pegou a criança devolvê-la. “Estamos orando para que possa encontrar ele aonde quer que esteja. E estamos pedindo a Deus para proteger ele e guiar a pessoa para que não faça a ele nenhum mal”, disse a tia da criança Dilcilene dos Santos.

De acordo com informações de uma testemunha, um casal foi visto carregando um bebê em uma motocicleta. A polícia, assim como os moradores, seguem mobilizados na busca por informações do paradeiro do pequeno Jonhatan.

A avó e Jonatan, Maria do Amparo Nascimento contou que desde que a criança desapareceu não tem mais sossego. “A minha vida nunca mais foi a mesma desde que o meu neto sumiu daqui, eu não durmo mais, eu não como, eu só quero o meu neto de volta”, apelou a avó.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias