CRIME

Homem é preso após tiroteio entre facções rivais

Policiais militares foram apurar um tiroteio envolvendo criminosos de facções rivais que teria ocorrido na noite do dia 21 de abril na Cidade Operária

Reprodução

Na tarde dessa segunda-feira (22), por volta das 15h, policiais militares foram apurar um tiroteio envolvendo criminosos de facções rivais que teria ocorrido na noite do dia 21 de abril no bairro Alexandra Tavares, região da Cidade Olímpica, em São luís.

Segundo a Polícia Militar, durante as investigações foi constatado que um homem conhecido como “Casquinha” havia participado do tiroteio. Os policiais o identificaram, o nome do suspeito é Leandro Silva Atan, de 23 anos. Ao fazer a abordagem, os policiais, com o consentimento de “casquinha”, se dirigiram a sua residência, e ao realizar buscas no imóvel, foi encontrado um revólver calibre 38, contendo 06 munições intactas.

Diante dos fatos, Leandro Silva Atan foi apresentado no Plantão da Delegacia da Cidade operária onde foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Antecedentes criminais de “Casquinha”:

Em 2015, Leandro Atam foi preso no povoado Jacaré, na cidade de Viana, após denúncia de moradores, que diziam que cerca de 10 homens, pertencentes a facção criminosa, estariam promovendo roubos e traficando drogas na pacata comunidade.

Material apreendido:

  • 01 Revólver marca Taurus, calibre 38, de numeração ZE 392985 contendo 6 munições intactas;
  • 01 aparelho de celular da marca LG.
VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias