SEGURANÇA

Réveillon no Maranhão não tem nenhuma ocorrência grave

A polícia cobriu os eventos ao longo da orla marítima, na Avenida Litorânea, e também no Centro Histórico

Reprodução

A Polícia Militar de Turismo (BPTur) divulgou que o circuito oficial do Réveillon de Todos, organizado pelo Governo do Estado, não teve qualquer ocorrência grave registrada. Este é o quarto ano consecutivo sem grandes incidentes. Com um planejamento integrado do trabalho das forças policiais, que cobriu os eventos ao longo da orla marítima, na Avenida Litorânea, e também no Centro Histórico, foram realizadas abordagens a veículos e revistas a pessoas, guarda em pontos suscetíveis a ocorrências, orientação ao público, além de ações preventivas contra assaltos.

Promovido durante todo o período das festas de Ano Novo, as operações do sistema de segurança foram intensificadas nos dias 31 de dezembro e 1° de janeiro, para o grande evento de concentração e Show da Virada, nas praias de São Marcos, Calhau, Meio e Araçagi, se estendendo até o dia 2 de janeiro. A estrutura policial contou com militares em viaturas e motos, equipe da cavalaria e a pé, e efetivo do Centro Tático Aéreo (CTA). O Corpo de Bombeiros reforçou os trabalhos com ambulâncias, viatura de combate a incêndio, viatura de resgate e salvamento, embarcações, quadriciclos, além de veículos de apoio.

Os militares e guarda-vidas do Corpo de Bombeiros foram distribuídos ao longo da área de eventos. Em operação na orla, as equipes registraram casos de menor grau, entre estes, incêndio em vegetação, vazamento de gás em barraca, crianças perdidas e queimadura biológica (água-viva). O efetivo realizou atendimentos pré-hospitalares e a pessoas sob efeito de bebidas alcoólicas, além de abordagens e orientação ao público.

“O planejamento nestes períodos de maior movimentação de público sempre é realizado com antecedência para que se cumpra uma agenda sem prejuízos à segurança e ao ir e vir das pessoas. A exemplo dos anos anteriores, nestes quatro anos da gestão, o que se observa é a continuidade deste resultado. Festas populares sem registros de crimes graves”, destacou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS