VIOLÊNCIA

Motorista de Uber é morto enquanto trabalhava em São Luís

O crime aconteceu na noite do último domingo, 6, no bairro Liberdade

Foto: Reprodução

Na noite do último domingo (6), por volta das 19h30, o motorista de Uber Edmilson Pimenta Azevedo, de 54 anos, foi morto em uma tentativa de assalto na Avenida Luiz Rocha, no bairro da Liberdade, em São Luís. A vítima foi baleada e chegou a ser levada ao Hospital Socorrão I, mas morreu.

A princípio, a polícia suspeita de tivessem sido dois homens armados, ou um homem e um adolescente. Ainda não se sabe se os criminosos solicitaram a carona pelo aplicativo ou se abordaram o veículo e entraram para cometer o assalto. Dentro dele, eles teriam disparado a arma de fogo várias vezes, e dentre elas, atingido Edmilson.

O motorista ainda tentou dirigir por alguns metros, mas acabou subindo em um canteiro e batendo em uma árvore. No carro, um Corsa de cor prata, haviam marcas de três disparos de bala. Uma perícia vai ser realizada essa semana no veículo.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de São Luís.

O Imparcial entrou em contato com a Uber a empresa respondeu com uma nota sobre o caso:

Nota

Estamos profundamente entristecidos em saber que o Edmilson Azevedo foi vítima desse crime terrível. Compartilhamos nossos sentimentos de mais profundo pesar com a família do Edmilson. A Uber está à disposição para colaborar com as investigações, na forma da lei, e esperamos que as autoridades tragam o responsável à justiça o mais rápido possível.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS